62 anos da morte de Getúlio Vargas: conheça a história do salário mínimo

No dia 1º de maio de 1940, Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo no país, em uma cerimônia realizada no estádio Vasco da Gama, no Rio de Janeiro

None
FOTO: IStock/ Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/08/2016 às 18:21
Atualizado às 18:16

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No dia 1º de maio de 1940, Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo no país, em uma cerimônia realizada no estádio Vasco
da Gama, no Rio de Janeiro, com a presença de 40 mil trabalhadores. Apesar de ter sido decretada em maio, a lei só entrou em
vigor dois meses depois e beneficiou 60% dos trabalhadores.

instituição do salário mínimo, getúlio vargas

FOTO: IStock/ Getty Images

Na época, o salário mínino garantia que o brasileiro tivesse dinheiro para alimentação, transporte, higiene pessoal e tudo o que fosse necessário para o seu sustento. Porém, com o passar dos anos, esse valor inicial que era de 220 mil réis, em São Paulo, sofreu quedas e foi diminuindo. O valor atual é de R$ 724,00.

SAIBA MAIS

As últimas horas de Getúlio Vargas

O fim de uma era! Morte de Getúlio Vargas completa 62 anos

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.