ENTRETENIMENTO

Espiritualidade: como acontece a evocação de espíritos animais

Em O Livro dos Espíritos, encontramos a resposta para a evocação dos animais: “Os espíritos se manifestam espontaneamente ou pela evocação"

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/09/2016 às 13:32
Atualizado às 18:36

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em O Livro dos Espíritos, publicado pelo francês Allan Kardec, na Introdução, Cap. VI, encontramos a resposta para a evocação dos animais: “Os espíritos se manifestam espontaneamente ou pela evocação. Podemos evocar todos os espíritos: os que animaram homens obscuros e os dos personagens mais ilustres, qualquer que seja a época em que tenham vivido; os de nossos parentes, de nossos amigos ou inimigos, e deles obter, por comunicações escritas ou verbais, conselhos, informações sobre a situação em que se acham no espaço, seus pensamentos a nosso respeito, assim como as revelações que tenham a permissão de fazer-nos.

gato e cachorro evocação

FOTO: Shutterstock

Os espíritos são atraídos na razão de sua simpatia pela natureza moral do meio que os evoca. Os espíritos superiores gostam das reuniões sérias em que predominam o amor do bem e o desejo sincero de instrução e de melhoria. Sua presença afasta os espíritos inferiores, que encontram, ao contrário, livre acesso e podem agir com inteira liberdade entre as pessoas frívolas ou guiadas apenas pela curiosidade, e por toda parte onde encontrem maus instintos. Longe de obtermos bons conselhos e informações úteis desses espíritos, nada mais devemos esperar do que futilidades, mentiras, brincadeiras de mau gosto ou mistificações, pois frequentemente se servem de nomes veneráveis para melhor nos induzirem ao erro.”

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação