MODA & BELEZA

Inverno é a melhor época para fazer tratamentos estéticos para a pele. Entenda por quê

Tratamentos estéticos para a pele podem ser prejudicados pela exposição solar, por isso, o mais indicado é realizá-los no inverno. Saiba mais

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/06/2017 às 18:29
Atualizado às 18:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

De acordo com profissionais da área, o inverno é época é a mais recomendada para a realização da maioria dos procedimentos estéticos devido à baixa incidência solar. “Grande parte dos tratamentos estéticos, principalmente os faciais, deixam a pele mais sensível, aumentando o risco de manchas decorrentes da exposição ao sol”, explica a esteticista Daniela Soares. esteticista do salão Maison Rocha, localizado no Gutierrez.

Fuja do sol!

Os tratamentos agem na camada mais superficial da pele, fazendo com que ela fique vulnerável a fatores nocivos. “Alguns procedimentos deixam a pele tão sensível que até o uso do protetor solar, aliado de todas as horas, é vetado por cerca de 48 horas após para evitar irritações na cútis”. As primeiras recomendações dadas a clientes que realizam procedimentos estéticos são: evitar radiação solar e optar por locais mais arejados e frescos.

Tratamentos estéticos no inverno, pele linda o ano todo

Apesar de terem efeitos satisfatórios, tratamentos estéticos como o peeling, o clareamento facial e a luz pulsada são praticamente proibidos durante o verão, pois utilizam ácidos. De acordo com a esteticista Josi Machado, o peeling acelera o processo de renovação celular através da remoção de camadas superficiais envelhecidas da pele. “O clareamento trata manchas escuras, causadas por desequilíbrios na produção de melanina, e a luz pulsada é utilizada para remoção dos pelos e até tratamentos de acne e rugas de expressão. Estes tratamentos estéticos devem ser priorizados durante o inverno”, finaliza.

Consultoria: Daniela Soares e Josi Machado, esteticistas do Maison Rocha Haute Coiffeurs, de Belo Horizonte (BH)

LEIA TAMBÉM