Sexo saudável: confira como os alimentos influenciam a vida sexual

Comidas processadas e carnes vermelhas podem te atrapalhar na 'hora H'

Confira os alimentos que prejudicam e ajudam a vida sexual
Confira os alimentos que prejudicam e ajudam a vida sexual - Shutterstock

por Beatryz Gaia
Publicado em 15/08/2021 às 22:00
Atualizado às 22:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Sabemos que assuntos ligados a sexo são um tabu, mas é muito comum as pessoas falarem abertamente sobre os afrodisíacos - comidas ou bebidas exóticas destinadas a aumentar a intimidade, ou promover sensações sexuais, em geral. Isso porque o que você come pode, sim, influenciar diretamente naqueles momentos mais íntimos, seja positiva ou negativamente!

Assim, segundo Margarida Nascimento, médica ginecologista, não existem alimentos específicos que afetem sua vida amorosa, porém, há os que podem estimular um desconforto e, assim, atrapalhar seu desempenho sexual, como alho, cebola, repolho, couve-flor, brócolis, ovo, melancia e queijo bola. "São alimentos e bebidas que estimulam intensa diurese, causam flatulência por formação de gases intestinais e provocam mau hálito, por isso devem ser evitados em excesso quando do encontro sexual", explica.

Logo, comidas ditas pesadas e muito calóricas devem ser evitadas, visto que elas provocam sensação de peso, diminuindo o desempenho sexual. "Também não deve exagerar na ingestão de muitos doces e açúcar. Eles dão pique rapidinho, mas depois induzem a sonolência. O importante e desfrutar desse momento prazeroso da vida que e o encontro sexual sem exageros alimentares e de bebidas", alerta Nascimento.

Além disso, de acordo com Aline Ambrosio, ginecologista e obstetra, existem alimentos que  são ligados à inflamação intestinal e, consequente, à disbiose intestinal, situação que propicia a ocorrência de doenças e queda de energia corporal, como a carne vermelha, derivados lácteos e os refinados (açucares e farináceos).

"Tudo isto pode certamente piorar a função sexual em todos os quesitos, desde desejo e excitação, até orgasmo, deteriorando a saúde sexual e levando às disfunções sexuais", observa a médica.

Alimentos para investir antes da hora H!

Por outro lado, para uma dieta favorável para a vida sexual, é recomendável alimentos mais alcalinos, ricos em vegetais, cereais, leguminosas, sem carne vermelha nem produtos lácteos e alimentos processados (refinados e embutidos). De acordo com Marcella Garcez, médica nutróloga, o segredo é optar por alimentos integrais que tenham um equilíbrio de carboidratos, gorduras e proteínas.

Segundo Ambrosio, existem poucos estudos consistentes para averiguar a eficácia de alimentos e ervas na função sexual, porém os mais conhecidos são: "o vinho tinto que contem resveratrol, potente antioxidante; ostras, rica em zinco ligado à melhora da fertilidade e libido; catuaba, com efeito vadilatador, que poderia melhorar a potência sexual; amendoim e canela, rico em vitaminas e estimulante da produção de óxido nítrico, importantes para vasodilatação; pimenta, chocolate e café que são estimulantes do sistema nervoso central e periférico", ela enumera. 

Por fim, outros alimentos gordurosos como salmão, castanhas, azeite e com proteína de boa qualidade, como as carnes magras melhoram os níveis dos hormônios sexuais no organismo. "Alimentos ricos em vitamina C com forte ação antioxidante também estimulam a libido como a laranja, limão, acerola, caju, goiaba, pimentão e outros", Nascimento complementa.

Fontes: Marcella Garcez, médica nutróloga e mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUC/PR; Aline Ambrosio, ginecologista, obstetra e especialista em Sexualidade Humana pela USP; Margarida Nascimento, ginecologista e Membro da Associação Baihana de Medicina.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.