SAÚDE

Saiba se você precisa de um psicólogo, psiquiatra ou terapeuta

Fique atenta aos sinais e saiba quando procurar um profissional para melhorar sua saúde mental

Saiba qual profissional da saúde recorrer
Saiba qual profissional da saúde recorrer - Reprodução / Shutterstock

por Beatryz Gaia
Publicado em 21/03/2021 às 15:00
Atualizado às 15:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ir atrás de ajuda psicológica é essencial para uma saúde mental saudável. Embora a demanda por esses profissionais esteja cada vez mais popular, muitas pessoas ainda possuem preconceitos com procura de um tratamento adequado.

Desta forma, infelizmente é comum ignorar sinais de estresse, esgotamento e tristeza. Não priorizando o mental, deixando passar as inquietações ocasionais pelo trabalho, família, estudos, entre outros. Além disso, muitos ainda possuem dúvidas em qual o momento e profissional adequado. 

Reprodução / Shutterstock

Os psicólogos observam com cautela o comportamento humano. Por exemplo, se existe um quadro de depressão em que o paciente não consegue se levantar da cama, há uma situação comportamental comprometida. Eles são treinados para investigar e monitorar seus padrões de sono, hábitos alimentares e pensamentos negativos que causam ou contribuem para a existência dessa condição.

Esses profissionais ajudam de acordo com o consciente do paciente, e são indicados para quem possui fobias, traumas, ansiedade ou depressão com causas específicas.

Já os psiquiatras aplicam um maior senso de biologia e neurologia em suas profissões. 

Pegando o mesmo exemplo da depressão, se um paciente apresenta os sintomas da doença, o psiquiatra realizará exames para certificar-se que não há nenhuma deficiência vitamínica no organismo do indivíduo. Após descartar as possibilidades, o profissional irá prescrever um tratamento com os medicamentos adequados, caso a depressão seja comprovada a partir dos exames cerebrais.

O psiquiatra é indicado para quem possui transtornos mentais graves como esquizofrenia, transtorno bipolar, ou em qualquer outro distúrbio que sua condição física deixa a vida do paciente está em risco.

A prescrição de medicamentos necessários é a distinção mais conhecida entre a psicologia e a psiquiatria. "Ambas as ciências utilizam a mesma cartilha com a diferença da medicação. Quando há prejuízos e danos no cotidiano e situações que impedem o seu desenvolvimento pessoal e profissional, está na hora de procurar esses profissionais", explica o psicólogo Dr. Alexandre Bez. 

Reprodução / Shutterstock

O terapeuta é o profissional que cuida da saúde física ou psicológica de alguém. Eles atendem pessoas com distúrbios mentais e comportamentais, vítimas de depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

"Os terapeutas são habilitados a entender do aparelho mental, mas podem funcionar como conselheiros", explica o médico.

Eles oferecem orientações para quem busca formas de melhorar a qualidade de vida, superar traumas, limitações ou encontrar sua orientação vocacional. Para quem tem uma vida corrida, o terapeuta discute seus problemas de forma descontraída e te auxilia.

"Na teoria, qualquer uma das opções que uma pessoa procurar, um bom especialista irá orientá-lo sobre a melhor opção de ajuda", finaliza o psicólogo.

Consultoria: Dr. Alexander Bez, psicólogo, especialista em relacionamentos pela Universidade de Miami (UM) e especialista em ansiedade e síndrome do pânico pela Universidade da Califórnia (UCLA).