Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Café cura ressaca? Descubra
Café cura ressaca? Descubra - Shutterstock

Saúde

Café cura ressaca? Entenda os efeitos do consumo de álcool

Ao sentir sinais de ressaca, muitas pessoas apostam em um café forte; saiba se isso faz sentido ou não

Após um período de festança, como no Carnaval, muitas pessoas acordam sentindo coisas como exaustão, náusea e tontura — é a famosa ressaca. Existem várias coisas que falam por aí que curam esse problema rapidamente, e uma delas é a ingestão de café, especialmente com açúcar. Mas será que isso é verdade mesmo?

Segundo Douglas da C. Braga, professor e fisiologista da Universidade Santo Amaro (Unisa), não. A crença vem do fato de o café ser cafeinado e, portanto, ter efeito estimulante sobre o sistema nervoso central. Isso faz parecer que ele pode ser benéfico para reduzir a sonolência e a dor de cabeça, mas não é bem assim.

A dica do professor é fazer o contrário: evitar o café. Ele é uma bebida com potencial natriurético, reduzindo a reabsorção renal de sódio e aumentando a sua excreção, na urina. Por conseguinte, ele intensifica a eliminação de líquidos através da urina. Esse efeito é ruim porque a ideia durante a ressaca é justamente se hidratar bastante, uma vez que o álcool causa desidratação.

Então, como realmente curar a ressaca? Veja as recomendações de Braga e entenda melhor os sintomas que indicam esse estado:

Como se cura ressaca?

Como já mencionado, a hidratação é fundamental, pois o álcool causa desidratação significativa. Beber muita água, sucos e até mesmo isotônicos é benéfico. Além disso, o repouso é crucial para a recuperação, pois o corpo precisa de tempo para metabolizar o álcool.

“É importante ressaltar que não existem remédios específicos para curar a ressaca, o foco deve ser na reidratação e no descanso e, em casos mais graves, em buscar apoio de um médico ou especialista”, recomenda Braga.

Sintomas de consumo excessivo de álcool e ressaca

Dentre os efeitos imediatos do consumo excessivo de álcool estão: as alterações na fala (arrastada), comprometimento sensitivo e motor (reflexos), confusão mental, vômitos e, em alguns casos, o coma. Já a ressaca em si é o que ocorre cerca de 6 a 8 horas após a ingestão de bebidas alcoólicas, podendo durar até 24 horas.

Braga explica que os sintomas mais comuns da ressaca incluem: boca seca, dor de cabeça, náuseas, tontura, problemas de concentração, desconforto gastrintestinal, cansaço, tremores, falta de apetite, sudorese, sonolência, ansiedade e irritabilidade.

Os sinais podem variar ou ter diferentes intensidades de acordo com características como a quantidade e frequência de álcool consumido, teor alcoólico, ingestão de água e ter se alimentado previamente ou durante ou não.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Pets

Um sistema imunológico equilibrado reduz riscos de contrair doenças e contribui para a saúde geral dos animais

Amor e Sexo

Segundo pesquisa, Geração Z é a mais propensa a buscar por relacionamentos abertos ou não monogâmicos no geral

Receitas

Algumas pessoas tendem a chorar sempre que estão cortando cebola, mas é possível usar alguns truques para diminuir o problema