Conheça Alfred Kinsey, pioneiro no estudo sobre sexualidade

O pesquisador americano foi um dos primeiros a dar viés científico para práticas sexuais humanas

None
No filme Kinsey - Vamos Falar de Sexo, o pesquisador é interpretado por Liam Neeson. (Foto: Reprodução)

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/10/2016 às 17:22
Atualizado às 12:19

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Entre as décadas de 1940 e 1950, o biólogo e sociólogo Alfred Kinsey (1894 – 1956) e sua equipe entrevistaram 18 mil norte-americanos para entender o comportamento sexual humano. Os resultados de suas pesquisas foram publicados em dois livros: O Comportamento Sexual do Homem, lançado em 1948, e a sequência deste, O Comportamento Sexual da Mulher, de 1953. Os dois livros ficaram conhecidos como “Relatório Kinsey”. Neles, descobre-se que 92% dos americanos e 62% das americanas se masturbavam. Entre os homens, 37% já haviam tido algum tipo de experiência homossexual assim como 13% das mulheres.

Pioneiro

O pesquisador americano foi um dos primeiros a dar viés científico para práticas sexuais humanas. “Delinear métodos científicos para investigar a sexualidade e divulgar resultados sobre tais métodos foram as maiores contribuições de Kinsey. O que aconteceu depois foram consequências provocadas pelo seu trabalho”, diz o psicólogo e psicoterapeuta sexual Ítor Finotelli Júnior. Kinsey fez mais: ele afirmou que o orgasmo é uma “descarga explosiva de tensões neuromusculares no ápice da experiência sexual”. Hoje, sabe-se que alcançar o orgasmo também depende de componentes cognitivos e emocionais, mas tudo começa no cérebro.

KINSEY

No filme Kinsey – Vamos Falar de Sexo, o pesquisador é interpretado por Liam Neeson. (Foto: Reprodução)

No cinema

É possível conhecer a história de Alfred Kinsey no filme Kinsey – Vamos Falar de Sexo, de 2004. O papel do biólogo e sociólogo é de Liam Neeson. Laura Linney vive Clara McMmillen, a mulher de Kinsey e uma de suas principais colaboradoras. A atriz recebeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo papel.

LEIA MAIS

Consultoria: Ítor Finotelli Júnior, psicoterapeuta sexual, pesquisador clínico de desenvolvimento de técnicas, procedimentos e instrumentos de medida para avaliação da sexualidade humana.

Texto: Fernanda Villas Bôas – Edição: Natália Negretti

TAGS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.