RECEITAS

Raiza Costa e seu sucesso com o programa Rainha da Cocada, no GNT

Raiza Costa mostra toda sua personalidade em doces elegantes e apetitosos no programa Rainha da Cocada, do GNT. Em outubro está prevista a segunda temporada

None
Reprodução/Facebook e Instagram

por Redação Alto Astral
Publicado em 07/07/2016 às 12:00
Atualizado às 19:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se você estiver passeando pelas ruas de Brooklyn, tradicional bairro nova iorquino, pode acabar encontrando com uma morena simpática pedalando com um pequeno yorkshire na cesta de sua bicicleta. A paulistana Raiza Costa, também conhecida como Rainha da Cocada, tem 28 anos, mora há oito nos Estados Unidos e a curta trajetória na cozinha não é proporcional ao seu talento com as panelas – e os fouets, batedeiras e afins. Isso porque a confeiteira alcançou um feito que poucos conseguiram e cozinhou para o temido Gordon Ramsay no aclamado reality Masterchef, em 2012.

Raiza Costa em sua bancada no programa Rainha da Cocada, do GNT

Reprodução/Facebook

Pioneira nas redes

Formada em Artes Visuais, seu interesse por fotografia e produção de vídeos lhe deu o empurrão para criar o programa online Dulce Delight, em 2010, onde Raiza grava receitas de forma divertida e irreverente, e que ela mesma considera como o primeiro canal dedicado a confeitaria do Brasil. Hoje com mais de 15 milhões de visualizações e 300 mil assinantes no YouTube, o canal (que possui vídeos em português e inglês) começou de forma despretensiosa com a confeiteira produzindo receitas deliciosas na cozinha de seu apartamento.

Raiza Costa em seu programa Rainha da Cocada

Reprodução/Facebook

Impulsionada pelo sucesso do programa, Raiza colocou seu plano de estudar gastronomia em prática e se matriculou no French Culinary Institute of New York, em 2011, para aprimorar as técnicas que já reproduzia sozinha em casa. Incentivada pelos fãs do canal, a cozinheira acabou se inscrevendo no Masterchefamericano, em 2012, e foi mais longe que esperava. A brasileira começou entre os 60 mil selecionados para a primeira fase de testes e ficou seis meses trabalhando em uma central montada pela atração em Nova York. Em sua estreia, Rainha da Cocada fez um pudim de chocolate recheado com trufa de framboesa, aprovado por Gordon Ramsay e os outros jurados, passando para a próxima fase do reality. O temido chef, que tem fama de carrasco, inclusive comentou que foi uma das sobremesas mais bonitas e gostosas que havia provado. No episódio seguinte, com 36 competidores, Raiza foi eliminada, o que não serviu para abalar a confiança da jovem cozinheira, que continuou preparando suas gostosuras em seu programete.

Raiza Costa em seu programa Rainha da Cocada

Reprodução/Facebook

Rainha da Cocada

Com tanto sucesso, o canal GNT acabou se inspirando em sua websérie e criou um programa só para Raiza, levando as doçuras da confeiteira das telas do computador para a televisão também. Rainha da Cocada, que ensina técnicas de confeitaria de forma descomplicada com receitas originais, estreou no final do ano passado e contou com 20 episódios de 30 minutos, exibidos nas noites de segunda a sexta no canal. Em um formato inovador para a televisão, o programa ensinou com muito bom humor receitas pra lá de apetitosas de forma bem diferente ao que estamos acostumados a ver em outros programas ou canais de culinária. Na atração, Raiza se lambuzava, sujava a bancada e chegou a quebrar um coco no chão da própria cozinha, sempre ao lado de seu fiel escudeiro, o cãozinho Lancelotte, a quem ela carinhosamente chama de Lancinho.

Doce do programa Rainha da Cocada

Reprodução/Instagram

O mais impressionante é que ela mesma é quem ajuda a escrever os roteiros, direção de arte, cenografia, escolha das músicas e, claro, cozinha, além de escolher seu divertido figurino, que consiste, na maioria dos episódios, em vestidos rodados com muita estampa e cor: bananas, flores, abacaxis e até utensílios de cozinha já apareceram em sua roupa durante os programas, além de uma camiseta de banda de rock. Em sua cozinha colorida, que serve de cenário, Raiza tem uma linda batedeira amarela, paninhos e utensílios com “cara de vó” e nenhuma vergonha de fazer brincadeiras escrachadas para as câmeras. Fora dela, ela proporciona um passeio pelo mundo da confeitaria e, em cima de sua bike charmosa, visita lugares incríveis de Nova York a procura de ingredientes frescos e orgânicos para utilizar em suas receitas. Aliás, este é outro diferencial do programa: apesar de serem doces ‘gordinhos’, a confeiteira não abre mão de utilizar técnicas mais saudáveis para reproduzir as receitas e também ensina técnicas de como fazer leite de coco e iogurte caseiros, e até corante natural para tingir merengue italiano, usando espinafre no lugar de corantes industrializados.

Rainha da Cocada Raiza Costa se lambuza com chocolate

Reprodução/Instagram

Novos episódios

No segundo semestre desse ano, em outubro, já está prevista a segunda temporada de Rainha da Cocada, para a alegria dos fãs e amantes dessa confeitaria tão original e descomplicada. Enquanto esperamos, o canal dela não para de ser alimentado por receitas originais, que além de apetitosas, enchem os olhos. Além disso, a brasileira, que encantou o famoso chef londrino Jamie Oliver, também foi convidada para integrar o elenco em seu canal Food Tube, o maior do YouTube no Reino Unido. Desde 2014, também estrela a websérie homônimaDulce Delight no Gshow, portal da Globo. Durante uma entrevista ao jornal O Globo em 2015, Raiza não escondeu sua paixão pela culinária e prometeu não parar. “Quero continuar ensinando e inspirando as pessoas a cozinhar, não importa em que plataforma. Acho que comida é muito importante, representa a cultura e aproxima as pessoas”, defendeu ela à publicação. Nós também desejamos que você não pare de nos encantar com duas doçuras, Raiza.

Texto: Nathalia Boni

SAIBA MAIS

10 canais de culinária para conhecer no YouTube