Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Médica veterinária reforça os perigos do chocolate e lista dicas para celebrar a data na companhia de cães e gatos
Veja como celebrar a Páscoa com seu pet de forma saudável - Foto: Shutterstock

Pets

Páscoa: confira os cuidados para aproveitar a data com seu pet

Médica veterinária reforça os perigos do chocolate e lista dicas para celebrar a data na companhia de cães e gatos

Páscoa é sinônimo de chocolate! Mas, você sabia que o item amado pelos humanos é extremamente prejudicial para os pets? A responsável pela ameaça é a teobromina, substância presente em quantidades significativas no cacau, ingrediente base para produção dos mais diversos tipos de chocolate.

“Enquanto os humanos podem metabolizar a teobromina com facilidade, cães e gatos não possuem as enzimas necessárias para metabolizar essa substância tão rapidamente, gerando um quadro de intoxicação nos pets”, explica a médica veterinária Taís Motta, gerente de produtos da Avert Saúde Animal.

O chocolate pode causar uma série de problemas no organismo do animal, desde vômitos e diarreia, até complicações mais graves, como tremores, convulsões, problemas cardíacos e até mesmo a morte. A gravidade depende da quantidade consumida, do tipo de chocolate e do tamanho e peso do pet. 

“Desta forma, é fundamental que os tutores se atentem para manter todos os chocolates ou produtos que contenham a iguaria fora do alcance dos pets para garantir a segurança deles durante a celebração”, afirma a veterinária.

Alternativas para os pets

Existem muitas outras maneiras de comemorar a Páscoa com o seu pet e sem chocolate. Uma opção é oferecer petiscos específicos para animais de estimação. Snacks produzidos com ingredientes naturais, sem corantes e com conservantes naturais, são ideais para serem oferecidos como recompensa durante a Páscoa.

Outra alternativa é presentear os pets com coelhinhos de pelúcia para que possam brincar e entrar no clima das festividades. É possível ainda criar uma “caça aos ovos” com petiscos escondidos pela casa. “Essa opção de enriquecimento ambiental permite que o tutor brinque na companhia do pet criando memórias divertidas”, sugere Taís.

Os tutores também podem reservar um tempo especial para o pet durante a Páscoa. Vale uma sessão de carinho, escovação, passeio ou até mesmo uma massagem, por exemplo. 

Cuidados ao viajar 

Agora, se a ideia é aproveitar o feriado para viajar com o animal de estimação, é importante tomar alguns cuidados para garantir o seu bem-estar durante o passeio. “Alguns cães são mais sensíveis aos movimentos do carro e podem ficar enjoados ou até vomitar”, alerta Taís Motta.

Para evitar esse desconforto, o tutor deve reduzir a quantidade de alimentos fornecidos ao pet no dia da viagem, oferecendo refeições leves até cerca de 2 horas antes de pegar a estrada. “Em alguns casos, pode ser necessária a utilização de medicações para prevenir o enjoo, mas sempre seguindo as recomendações do médico veterinário responsável”, orienta a profissional. 

Em viagens longas, com mais de 2 horas de duração, é necessário programar algumas paradas durante o trajeto para que o animal possa sair do veículo, esticar as patinhas, fazer as necessidades e se movimentar. Essa pausa em um ambiente novo pode ajudar a aliviar o enjoo por um tempo. 

Além disso, é preciso oferecer água para o cão, garantindo que ele permaneça hidratado durante toda a viagem. Com atividades planejadas e tomando cuidado com os riscos do chocolate, tutores e pets podem desfrutar de uma Páscoa cheia de diversão, aventura e momentos especiais juntos!

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Pets

Um sistema imunológico equilibrado reduz riscos de contrair doenças e contribui para a saúde geral dos animais

Amor e Sexo

Segundo pesquisa, Geração Z é a mais propensa a buscar por relacionamentos abertos ou não monogâmicos no geral

Receitas

Algumas pessoas tendem a chorar sempre que estão cortando cebola, mas é possível usar alguns truques para diminuir o problema