Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Férias: dicas para viajar com o pet de forma segura
Viajar com o pet exige cuidados especiais - Foto: Shutterstock

Pets

Férias: dicas para viajar com o pet de forma segura

Veja quais cuidados são fundamentais para garantir o conforto e a segurança do pet durante a viagem de férias

Viajar em família envolve sempre muita diversão, mas aqueles que planejam levar o pet junto na viagem devem tomar alguns cuidados, viu? A atenção com a saúde e o bem-estar do animalzinho são primordiais para evitar transtornos durante o passeio. 

Para te ajudar a garantir o total conforto do seu bichinho, o Alto Astral consultou a médica veterinária Tharcilla Pereira, que separou dicas e cuidados fundamentais para viajar com o pet de forma segura. Confira!

Consulte o veterinário

Antes de viajar com o pet, agende uma visita ao veterinário. Certifique-se de que ele está em boas condições de saúde para a viagem e atualize as vacinas, se necessário. Além disso, peça orientações sobre cuidados específicos com base na destinação.

Identifique seu animalzinho

Garanta que a identificação do seu pet esteja atualizada, incluindo a etiqueta da coleira e o microchip. Caso seu pet se perca durante a viagem, essa medida pode ser crucial para reunir vocês novamente.

Kit de primeiros socorros

Monte um kit de primeiros socorros específico para o seu pet, incluindo medicamentos prescritos pelo veterinário, curativos e informações de contato de emergência. Esteja preparado para lidar com situações inesperadas.

Água fresca

Manter seu pet hidratado é essencial. Leve água suficiente e ofereça-a regularmente. Evite água de fontes desconhecidas para prevenir problemas gastrointestinais.

Faça paradas frequentes

Faça paradas regulares durante a viagem para permitir que seu pet estique as patas, faça suas necessidades e se exercite. Isso ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade.

Atenção ao transporte!

Seja em um carro, avião ou outro meio de transporte, utilize dispositivos de restrição seguros para garantir a segurança do seu pet. Considere caixa de transporte, cintos de segurança ou outros mecanismos próprios para o veículo que está utilizando 

Cuide da alimentação

Mantenha a rotina alimentar do seu pet o mais próxima possível do normal. Leve consigo a ração habitual e evite alimentá-lo com comidas desconhecidas que possam causar desconforto gastrointestinal.

Ajuste o pet ao ambiente

Ao chegar ao destino, permita que seu pet se acostume gradualmente ao novo ambiente. Crie um espaço seguro e confortável para ele explorar, reduzindo assim o estresse da transição.

Mais notícias como essa

Saúde

Muitas pessoas acreditam em mitos sobre a dengue e, por isso, acabam não se protegendo da forma correta contra o Aedes aegypti

Receitas

Saiba como fazer um quiabo perfeito, sem baba e sequinho, para preparar uma receita deliciosa com carne moída

Pets

Veterinária explica por que doenças parasitárias em pets são mais comuns no verão, quais são elas e como prevenir e tratar

Finanças e Empreendedorismo

Especialista comenta quais são os aparelhos “gastões” e explica truques para diminuir a conta de energia da sua casa