Magia hindu para trazer paz e equilíbrio com Sidarta Gautama

O Buda é reconhecido por seus seguidores como um mestre iluminado que compartilhou suas ideias para ajudar as pessoas a alcançarem o fim do sofrimento.

None
IMAGEM: Reprodução/dalvaamaral.blogspot.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/08/2016 às 12:52
Atualizado às 14:34

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No hinduísmo, para reverenciar os deuses, normalmente são feitas oferendas com frutas, mel, leite, incensos, velas e flores e, muitas vezes, banhos e orações. As imagens dos deuses utilizadas nos rituais podem ser de papel, e você pode imprimir essa que se encontra abaixo.

Sidarta Gautama, o Buda

Deus hindu Sidarta-Gautama (Buda)

IMAGEM: Reprodução/dalvaamaral.blogspot.com

Ritual para trazer paz, equilíbrio e renovar a alma

Passo 1: Adquira uma imagem, um desenho ou uma estátua que retrate a figura calma e contemplativa do Buda indiano, Sidarta Gautama.

Passo 2: Em uma quarta-feira de Lua Nova, coloque-se na frente desta imagem e comece a observar a postura fixa e imóvel do Buda. Tente sentar-se na forma como ele se encontra, seja na posição de uma flor de lótus ou da forma como achar mais confortável e similar à dele.

Passo 3: Com as pernas cruzadas, procure unir o polegar e o indicador de suas mãos e colocá-las em cima dos joelhos. Com a coluna ereta, mantenha os olhos fixos no Buda e se pergunte o que neste momento está lhe impedindo de adquirir a paz e a plenitude de sua alma. A primeira resposta que vier será exatamente o que você deve saber para transformar suas atitudes de forma que a calma e a tranquilidade reinem em seu caminho.

Passo 4: Com a mão direita, acenda um incenso de sândalo ou flor de lótus e circule, em sentido horário, pela sua cabeça por três vezes, com cuidado para não se queimar. Em seguida, com a mesma mão, circule o incenso três vezes na frente de seu coração.

Passo 5: Fale seu nome completo por três vezes e repita a seguinte frase: “Eu me projeto em sua frente, óh grande Sidarta, com a alma limpa e o coração puro, para que remova a ignorância de meu caminho e a transforme em equilíbrio, sabedoria e perseverança, para que a paz reine em meu ser, a paz, a paz, a perfeita e completa paz”.

Passo 6: Deixe o incenso queimar por completo.

Passo 7: Com os olhos fechados, respire fundo, retenha o ar por alguns segundos e expire pela boca. Comece a pensar em tudo aquilo que lhe causa desconforto no presente e visualize a paz em seu semblante.

Passo 8: Coloque para seu coração que, mediante qualquer atitude de desequilíbrio, sua mente, seu corpo e sua emoção continuarão em perfeita paz e harmonia, que realmente você saberá como responder aos eventos de forma sábia e amistosa.

Passo 9: Abra os olhos e, com as palmas das mãos unidas ao centro do peito, reverencie Sidarta e lhe agradeça pelo momento e pelo despertar da paz interior. Esta magia pode ser repetida sempre que se sentir em desequilíbrio e desarmonia perante os problemas ou dificuldades.

Passo 10: Deixe as cinzas do incenso em um vaso de planta.

Saiba mais:

Mantra: entenda o que é essa prática espiritual

Conheça a história de Buda

5 fatos curiosos sobre Sidarta Gautama

Consultoria: Daniel Atalla, esotérico

Design: Aline Barudi

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.