FAMOSOS

Príncipe Harry processa jornal e compara perseguição de sua esposa à morte de sua mãe

Príncipe Harry abriu um processo contra o jornal britânico Daily Mail e comparou a perseguição à Meghan com a causa da morte de sua mãe, Diana

None
Foto: WireImage/Getty Images

por Giulianna Lombardi
Publicado em 02/10/2019 às 16:11
Atualizado às 16:11

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Na última terça (1), o Príncipe Harry divulgou uma nota bastante séria sobre a forma imprudente com que a imprensa britânica está lidando com sua esposa, Meghan Markle. Ele até fez uma triste comparação com a história de sua mãe, Princesa Diana, que morreu durante uma fuga de paparazzis em Paris no ano de 1997.  Ele lamentou que sua esposa tenha se tornado “uma das últimas vítimas de tabloides britânicos”.

A declaração de Príncipe Harry

Segundo o membro da realeza, a imprensa do país vêm escolhendo fazer “campanhas contra pessoas, sem pensar nas consequências“. Para ele, a que esta sendo feita com Meghan, “é uma campanha implacável, que se intensificou ao longo do ano passado, durante toda a gravidez e enquanto estamos criando nosso filho recém-nascido”.

Além disso, o casal fez questão de abrir um processo contra o jornal Daily Mail. No comunicado, o Príncipe Harry ainda comparou o evento com a morte de sua mãe. “Embora essa ação possa não ser a mais segura, é a correta. Porque meu medo mais profundo é a história se repetindo. Vi o que acontece quando alguém que eu amo é comercializado a ponto de não ser mais tratado ou visto como uma pessoa real. Perdi minha mãe e agora vejo minha esposa ser vítima das mesmas forças poderosas”.

Harry também falou sobre a última viagem deles à África, em que teria ficado clara essa perseguição e que pode identificar “padrões duplos dessa parte específica da imprensa que a difamou quase diariamente nos últimos nove meses. Eles foram capazes de criar mentiras após mentiras às custas dela, simplesmente porque ela não era vista em público durante a licença-maternidade”, escreveu.

Leia também:

TAGS