ESTILO DE VIDA

Aprenda a superar a ansiedade

A ansiedade pode causar diversos prejuízos se não controlada. Confira algumas dicas para conseguir diminuir seus sintomas e viver mais feliz

None
Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/07/2016 às 18:34
Atualizado às 11:26

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Superar a ansiedade é uma questão de ensinar o cérebro a não interpretar determinadas situações como riscos. Ou, caso haja mesmo perigo, possibilitar à mente trabalhar corretamente na busca por uma solução, evitando ao máximo o desespero.

Além de realizar atividades relaxantes (meditação, ioga, massagem ou praticar um hobby), pode ser necessário o acompanhamento com um terapeuta. Pois, muitas vezes, o real motivo da ameaça é alguma emoção ou episódio mal digerido e reprimido nas profundezas da psiquê.

Mulher meditando contra ansiedade

Foto: Shutterstock Images

Não é uma regra, mas há quem precise passar também por um psiquiatra, visando o complemento de alguma medicação que ajude a restabelecer o equilíbrio químico do cérebro. Só não vale pensar que comprimidos sejam uma solução mágica: “A única limitação dos remédios é que eles não ensinam a pessoa como influenciar seus estados internos, nem a perder o medo do que sentem. O aprendizado de técnicas de autogerenciamento é importante para que a pessoa possa se sentir menos vulnerável e impotente frente suas crises de pânico”, esclarece o psicólogo Artur Scarpato.

Dicas para lidar com a ansiedade

1 • Respire fundo e pausadamente. Diante da agitação, desacelerar a entrada e saída de ar reduz os batimentos cardíacos, fazendo o organismo entender que não há motivo para pânico.
2 • Pratique meditação. O ato de meditar tem a função de esvaziar a mente de qualquer pensamento. Assim, o cérebro se desliga e pode descansar por alguns períodos valiosos.
3 • Não tenha medo ou vergonha de procurar um terapeuta. Administrar as emoções não é algo assim tão simples e contar com o apoio de um especialista ajuda muito.
4 • Exercite-se. A atividade física facilita a liberação de substâncias tranquilizantes na corrente sanguínea, sem falar que ajuda a tirar o foco daquilo que preocupa.
5 • Tenha um tempo para você. Todo mundo precisa de ocasiões exclusivas para fazer algo que lhe dê prazer. Nessas horas, nada de trabalho, ok?

Saiba mais!

12 dicas para começar a praticar meditação

Como a ansiedade age no corpo

Textoe entrevistas Marcelo Ricciardi/Colaborador – Edição Giovane Rocha

Consultoria Artur Scarpato, psicólogo.