ESTILO DE VIDA

Lutas ajudam a emagrecer e melhoram a saúde

As lutas são consideradas violentas por muitas pessoas, mas fornecem inúmeros benefícios à saúde, principalmente em relação a perda de peso.

None
FOTOS: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 17/08/2016 às 19:04
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ir para a academia e levantar peso não é para você? Então, aposte nas lutas como uma alternativa para se exercitar. A diversidade é tanta que é impossível não encontrar uma modalidade que se adapte ao seu estilo ou objetivo. “Todas as artes marciais oferecem um forte condicionamento físico, muscular e cardiovascular. Só lembre-se de consultar um médico antes de começar qualquer prática esportiva”, orienta o personal trainer Ricardo Wesley.

As lutas são aliadas da boa forma

FOTO: Shutterstock Images

Lutas para todos os gostos

  • Jiu-jitsu: as principais partes do corpo trabalhadas são costas, abdome, bíceps e tríceps. Proporciona um gasto calórico de até 600kcal em 1 hora de prática. Além disso, faz bem para manter o pensamento estratégico e favorece o trabalho da força isométrica e da flexibilidade.

  • Judô: assim como o jiu-jitsu, ajuda a queimar até 600kcal em 1 hora de atividade. Seus benefícios são a melhora da coordenação motora e o ganho de mais força.

SAIBA MAIS:

Exercícios físicos previnem a osteoporose

Conheça acessórios para intensificar os exercícios do pilates

5 mitos e verdades sobre os exercícios físicos

  • Muay-Thai: “É liberado para todos aqueles que estão com a saúde em ordem, sempre lembrando de utilizar as devidas proteções (para boca, cabeça, mãos, genitais e seios). No entanto, é preciso ter cuidado com problemas articulares nos joelhos e tornozelos”, esclarece Wesley. A cada 90 minutos de aula, podem ser queimadas até 1.000 calorias.

  • MMA: é uma modalidade mista, que procura trabalhar um pouco de cada característica física com o objetivo de desenvolver um trabalho completo. Detona até 1.000 calorias em 60 minutos de aula.

Texto Lara Vendramini/Colaboradora

Consultoria Ricardo Wesley, personal trainer