ESTILO DE VIDA

Homeopatia: confira mitos e verdades acerca dessa técnica

Homeopatia: uma técnica que tem ganhado espaço para tratar algumas doenças, gera bastante dúvida ainda. Confira alguns mitos e verdades!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/12/2016 às 13:03
Atualizado às 12:56

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Existem várias dúvidas sobre a homeopatia. A técnica propõe o tratamento das doenças a partir do fortalecimento do organismo, e não apenas o desaparecimento dos seus sintomas. Apesar dos bons resultados no combate às mais diversas enfermidades, muito ainda se discute sobre como se dá a sua ação no corpo. A seguir, o pediatra homeopata Paulo Abrahão, explica mitos e verdades que rondam esse tema.

plantas medicinais

Foto: iStock.com/Getty Images

A homeopatia não funciona?

Mito. Mesmo que ainda hoje não se compreenda direito como os medicamentos homeopáticos agem sobre o organismo humano, há pelo menos 200 anos de estudos que comprovam a sua eficácia. Como em todo tratamento, é preciso ficar atento se ocorreu um diagnóstico errado do problema pelo médico, uma vez que o sucesso no combate à doença dependerá da administração correta da receita.

A homeopatia demora para combater as doenças?

Depende. Enquanto os remédios alopáticos atuam bloqueando as reações do agente causador da doença, a homeopatia fortalece o corpo para que ele próprio dê conta do problema. Em alguns casos, a sua ação pode ser mais demorada, mas não é uma regra.“O problema é que o adoecer físico costuma ser reflexo de fatores orgânicos e ambientais, e a homeopatia procura agir sobre isso”, explica Paulo Abrahão.

A técnica só funciona em adultos?

Mito. Por incrível que pareça, crianças e bebês respondem melhor ao tratamento homeopático por terem o organismo “limpo” de qualquer tipo de medicação e por não serem descrentes quanto ao método adotado. “Comprovadamente, os melhores resultados acontecem em casos de alergias e distúrbios comportamentais”, afirma Abrahão.

Leia também: 

A homeopatia não é indicada para problemas graves?

Mito. Como a proposta da homeopatia é tratar todo o organismo e não apenas fazer os sintomas desaparecerem, a cura vem de forma gradativa. “A homeopatia bem conduzida promove a cura em todos os níveis”, explica o pediatra. Em casos graves, há ainda a possibilidade de aliar o tratamento homeopático com o alopático. Mas existem correntes dentro da homeopatia que não admitem essa aliança.

Consultoria Paulo Abrahão, homeopata