Exercícios aeróbicos para a terceira idade previnem o desenvolvimento de diversas doenças

Para evitar o surgimento de doenças cardiovasculares e hipertensão em idosos, aposte nos exercícios aeróbicos para a terceira idade

None
Pedalar, caminhar e dançar são atividades que proporcionam os benefícios necessários à saúde exigindo apenas o ideal para a condição física do idoso. FOTO: iStock.com e Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 12/09/2017 às 07:00
Atualizado às 13:21

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Há quem acredite que as limitações físicas da terceira idade impeça os idosos de praticarem atividades físicas. Isso, porém, não é verdade. Os exercícios aeróbicos para a terceira idade, por exemplo, proporcionam diversos benefícios à saúde do indivíduo nessa fase da vida, respeitando os limites físicos da pessoa idosa sem deixar de fornecer uma maior qualidade de vida a ela.

Benefícios diversos

Com a prática de atividades físicas, o idoso pode se prevenir de muitas doenças e problemas comuns a essa fase respeitando suas limitações, pois estará se exercitando com intensidade e frequência ideais ao seu corpo. “As modalidades que protegem o coração, por exemplo, são os exercícios aeróbicos, como andar, correr, nadar e dançar, pois envolvem grandes grupos musculares, e são realizados de forma cíclica, leve e moderada, com duração prolongada”, explica a educadora física Claudia Forjaz.

Ou seja, praticando exercícios aeróbicos, a pessoa idosa consegue manter o corpo funcionando de forma adequada e livre de complicações. “As atividades físicas melhoram a saúde cardiovascular, o que aumenta a irrigação sanguínea do cérebro, reduzindo as chances de acontecer algum acidente vascular cerebral [AVC]”, destaca o personal trainer Xande Negão.

Exercícios aeróbicos para a terceira idade

As atividades mais indicadas ao público com essa faixa etária são a caminhada, a hidroginástica e a dança. Ambas podem ser praticadas por qualquer um, são exercícios de baixo impacto e ainda desenvolvem e beneficiam diversas partes do corpo de uma só vez. “Por ser uma atividade aeróbica, a caminhada, em especial, melhora o sistema cardiovascular e previne doenças cardíacas. Além disso, aumenta o condicionamento físico, estimula o sistema circulatório, acelera o metabolismo, auxilia no emagrecimento, favorece a absorção de cálcio e, se realizada até às 10 horas da manhã, facilita a aquisição de vitamina D, em razão da exposição ao sol”, afirma o educador físico Wesley Almeida.

A hidroginástica é uma atividade aeróbica que, além de permitir mais flexibilidade, melhora a capacidade cardiorrespiratória e favorece a resistência e a força muscular. FOTO: iStock.com e Getty Images

Caminhar meia hora todos os dias ainda ajuda a controlar a pressão arterial, bem como prevenir a hipertensão. O mesmo deve ser seguido em outros exercícios aeróbicos: duração de 30 minutos diários, praticados em 5 dias da semana. Já a intensidade varia conforme as características de cada um, e deve ser indicada por um especialista. É fundamental realizar uma avaliação com um médico e um educador físico para verificar a saúde geral do organismo. A partir de alguns exames, será possível indicar o tipo, a frequência e a intensidade do exercício.

Texto: João Paulo Fernandes/Colaborador | Consultorias: Claudia Forjaz e Wesley Almeida, educadores físicos; Xande Negão, personal trainer

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.