Emagreça consumindo sopas diariamente! Saiba como

Além de serem práticas e muito saborosas, as sopas ainda são capazes de nutrir e ajudar a eliminar os quilinhos em excesso de uma maneira saudável

None
Foto: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 05/07/2017 às 10:28
Atualizado às 12:11

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Além de serem saborosas e auxiliarem na perda de peso, elas protegem o corpo contra diferentes doenças, como gripes, resfriados, hipertensão e diabetes, e se tornam fortes aliadas ao organismo quando os ingredientes certos são escolhidos e combinados. Para a nutricionista Paula dos Santos Ribeiro, o essencial é que a sopa contenha um mix de verduras, legumes e proteínas, e quanto mais colorida essa mistura, melhor! “Quando há esses elementos, as sopas ficam ricas em micronutrientes. Se contiverem carne, terão proteína, e se adicionarmos batata, inhame ou mandioca, por exemplo, contarão ainda com bastantes carboidratos em sua composição”, afirma. Uma boa dica para a sopa ficar ainda mais saudável e ajudar nas dietas de emagrecimento é incluir linhaça e farelo de aveia ou de trigo, que aumentam a saciedade. Isso quer dizer que matam a fome por mais tempo, sem exceder na quantidade de calorias. No entanto, é preciso atenção! É importante evitar sopas de ervilha com bacon ou de feijão com macarrão, por exemplo, além de combinações que levam creme de leite e queijos gordurosos. Sem contar que se deve passar longe do sódio e dos embutidos, como paio, lombo, calabresa, temperos e caldos industrializados. “Não é porque a sopa é dita como pouco calórica que se pode consumir uma panela inteira. O ideal é comer, no máximo, dois pratos fundos e que ela seja caseira”, aconselha a nutricionista

Diminuindo as medidas

Por ser uma refeição rica em água e de baixa densidade energética, a sopa é muito utilizada em planos alimentares que objetivam a redução de peso. De acordo com estudos da Iowa State University, nos Estados Unidos, as pessoas que incluem as sopas no cardápio apresentam menores índices de massa corporal (IMC) e de medidas da circunferência abdominal àquelas que não consomem os caldos com tanta frequência. “As sopas nos mantêm satisfeitos por mais tempo, logo, contribuem para os planos de emagrecimento, haja vista o fato de os alimentos triturados entrarem mais rapidamente na corrente sanguínea, aumentando, assim, os níveis hormonais que sinalizam que já comemos o suficiente”, afirma Paula.

mulher experimentando diferentes sopas

Foto: iStock.com/Getty Images

Moderação e bom-senso!

Apesar de serem pouco calóricas e promoverem saciedade, as sopas devem ser incluídas no cardápio da maneira correta. No lugar do almoço, por exemplo, ela deve ser completa e conter todos os nutrientes necessários, como carboidratos (arroz, macarrão, batata ou mandioquinha – nunca consuma duas fontes de carboidrato na mesma refeição), proteínas (carne magra, frango ou grãos como feijão, ervilha e lentilha), vitaminas, sais minerais e fibras, substâncias presentes principalmente em legumes e verduras (cenoura, chuchu, couve e abobrinha) e também em grãos integrais, como aveia, centeio e quinoa. Já no jantar, aconselha-se que sejam mais leves, à base de legumes, grãos e carne. “Não é o recomendado alimentar-se apenas de caldos ou sopas em todas as refeições principais, pois, dessa maneira, não se obtém uma reeducação alimentar. A pessoa não consegue consumir somente sopas por muito tempo e, dependendo dos ingredientes utilizados, pode levar à deficiência de macronutrientes, como carboidratos, proteínas e gorduras, o que não é ideal para a saúde”, alerta a nutricionista Paula

Prefira as sopas caseiras!

Para economizar tempo, muitas pessoas acabam optando pelas sopas industrializadas. Contudo, quem escolhe essa versão precisa saber que, apesar de rápida, a alternativa também traz prejuízos à saúde e não ajuda na dieta, já que a presença excessiva de sódio coloca em risco o funcionamento dos órgãose a circulação sanguínea. Para você ter uma ideia, um envelope individual de sopa pronta contém entre 500 e 800mg de sódio, o equivalente a 25% do que é recomendado diariamente. Com o tempo, essa porcentagem aumenta o risco de hipertensão, infarto e derrame. Além disso, a maioria dessas sopas é pobre em nutrientes. Por isso, tenha preferência em consumir as caseiras. Seu paladar e organismo agradecerão!

Consultoria: Paula dos Santos Ribeiro, nutricionista

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.