ESTILO DE VIDA

Diferencie os tipos de fome e deixe a dieta mais fácil de ser seguida

Hábitos como descontar a irritação na comida ou passar horas sem comer podem atrapalhar a dieta. Fique ligada e diferencie os tipos de fome!

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/12/2017 às 09:13
Atualizado às 12:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Descontar a irritação na comida ou passar horas sem comer acreditando que irá turbinar a dieta são alguns hábitos que várias pessoas possuem. Saiba como driblar o apetite, diferencie os tipos de fome e se sinta saciada de maneira adequada.

Fome celular ou nutricional: o corpo precisa de nutrientes essenciais e naturais para o bom funcionamento. O primeiro grupo o organismo não produz, como a vitamina C, que é vital à saúde. Caso você não se alimente adequadamente, e haja a necessidade desses nutrientes, alguns sinais como dor de cabeça, dores no estômago e irritabilidades serão sentidos. Pular o café da manhã não irá fazer com que você emagreça, só irá deixar o corpo mais fraco e sem substâncias importantes. Para combater a fome, faça seis refeições ao longo do dia, com frutas, saladas, grãos, carboidratos e proteínas.

Fome por ansiedade: sabe quando você está nervosa, ansiosa ou irritada com algo e come um chocolate para acalmar? Não é fome de verdade, é vontade de compensar a emoção na comida. Toda vez que essa sensação aparecer coma uma fruta, uma castanha ou beba um suco natural preparado na hora.

Sensação de estômago vazio:  incomoda muito, mas é a fome mais fácil de resolver, já que, em muitos casos, pode ser apenas sede! Para hidratar o organismo, beba bastante água durante o dia, no mínimo 2 litros. Invista também em alimentos ricos em fibras, como a aveia, que prolongam a sensação de saciedade.

Estado de privação: quando ficamos muito tempo sem comer ou diminuímos as calorias ingeridas em menos de 50% da necessidade diária, o corpo armazena os estoques de gordura, reduzindo o metabolismo ao mínimo. Consequentemente, a queima de calorias diminui e o organismo utiliza energia da massa muscular. Para driblar o problema, alimente-se de três em três horas, assim, o intestino e o metabolismo funcionarão adequadamente, favorecendo a perda de peso.

Resolva no prato! 

Aposte nos alimentos certos, acabe com a fome fora de hora e deixe o organismo em ordem.
-Aveia: diminui a vontade de comer.
-Centeio: fonte de energia para o corpo.
-Grão-de-bico: acaba com a fome fora de hora.
-Lentilha: prolonga a sensação de saciedade.
-Mamão: rico em fibras e proteínas que mantém o estômago cheio.
-Maracujá: impede o estoque de gordura e sacia a fome.
-Soja: mantém o intestino regulado.

Texto: Thaís Farias/Colaboradora 

LEIA TAMBÉM: