ESTILO DE VIDA

Como ser feliz no amor

Não existe relacionamento perfeito, mas há formas simples de conviver em harmonia e ser feliz no amor. Veja como!

None
Foto: Istock.com/GettyImages

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/08/2016 às 17:45
Atualizado às 15:20

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não  existe  uma fórmula pronta para ser feliz no amor. Porém, algumas atitudes fazem a diferença na hora de resolver os probleminhas que aparecem durante a convivência a dois. A coach Bibianna Teodori lista 9 lições para você pôr em prática já!

1- Deixe o passado para trás: relacionamentos acabam e, às vezes, são experiências muito difíceis. Mas a coisa mais importante é entender que não é preciso etiquetar-se para o que viveu nas relações no passado. Você pode ir pra frente. As pessoas grandiosas nos relacionamentos conseguiram perdoar o parceiro anterior e desejar-lhe felicidade.

2- Entenda o equilíbrio entre dar e receber: cada relacionamento sólido tem um equilíbrio em dar e receber. “Por muito tempo, tive dificuldade em dar muito de mim mesma. Em minhas relações anteriores, não fiz outra coisa que não tenha sido dar esperando conquistar o amor e não pensava me sentir merecedora de receber. Procuro trabalhar o amor para mim mesma até quando todas as células do meu corpo entendam que em uma relação feliz tem sempre respeito recíproco e o equilíbrio entre doar e receber”, exemplifica a coach.

3- Saiba quando o outro precisa de espaço: algumas pessoas se anulam quando entram num relacionamento e deixam de ver os amigos, a família ou fazer as coisas que amam. Esta é a dependência afetiva e falta de equilíbrio. Um relacionamento pede espaço e solidariedade entre as duas pessoas. É preciso um momento para que façam algo sozinhos para recarregar as baterias. É importante também que o seu parceiro tenha a mesma liberdade.

4- Comunique-se:a comunicação autêntica é uma habilidade que deve ser praticada diversas vezes. Dizer aquilo que você pensa pode ser amedrontador, mas não tanto quanto segurar pensamentos e emoções sem expressá-los.

Homem e mulher, casal, felizes, diversão, praia

Foto: Istock.com/GettyImages

5- Aprenda a linguagem do amor do parceiro: “li o livro As Cinco Linguagens do Amor, de Gary Chapman, pela editora Mundo Cristão. Aconselho muito a leitura a todos aqueles que querem melhorar as relações. Ele diz que existem cinco linguagens primárias do amor: as palavras de afirmações, o contato físico, a qualidade do tempo, os atos de amor e o se doar. Quando se entende a linguagem do amor do parceiro, é possível receber e ter suas exigências satisfeitas”, aconselha.

6- Dê risada de si mesma:às vezes, é melhor ignorar os problemas e compartilhar um belo sorriso. Quando um dos dois está com raiva por algum motivo ou brigam, quebrar a atmosfera pesada com uma brincadeira ou algo assim é a coisa melhor a se fazer, para que tudo fique mais leve.

7- Não alimente falsas expectativas: os nossos parceiros são seres humanos, assim como nós. É injusto criar falsas expectativas no próprio parceiro, porque todos têm defeitos, inseguranças e pontos a serem melhorados.

8- Evite criar proibições: a proibição é responsável por 90% dos problemas das relações, e evitá-la é um grande ato de cura. Projetamos nossas inseguranças em nossos parceiros sem perceber, porque nosso ego não consegue aceitá-las como são. Muitas vezes somos atraídos por pessoas com qualidades que queremos desenvolver em nós mesmos. No entanto, se não conseguimos desenvolvê-las, o relacionamento pode acabar nas críticas. É importante entender que as relações são um meio para o crescimento e que cada um deve ser livre para fazer o que deseja desde que respeite o outro.

9- Aja positivamente: “as profecias se realizam se esperarmos que elas aconteçam. Precisam somente de um pouco de tempo. Se você espera que o seu relacionamento acabe, isto provavelmente acontecerá. Porque quando você acredita em algo no curso de um tempo muito longo, começa a agir da maneira como imagina que vai ser. É um mecanismo inconsciente que todos temos. Portanto, por que não sonhamos coisas bonitas para o nosso relacionamento?”, finaliza.

VEJA TAMBÉM:

Namoro no trabalho: veja dicas para não colocar seu emprego em risco

Como superar o fim de um namoro

Como você se comporta em um relacionamento? Faça o teste e descubra!