Colesterol infantil: Lidiane Shayuri fala dos cuidados com a filha

A apresentadora da Record descobriu que a filha possui colesterol elevado com apenas um ano de idade. Saiba como cuidar da saúde dos pequenos!

None
Foto: Divulgação A apresentadora da Record, Lidiane Shayuri, cuida de sua filha Sarah, que tem colesterol elevado

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/03/2017 às 08:00
Atualizado às 13:35

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ao contrário da maioria das doenças, o colesterol elevado não apresenta nenhum sintoma. Quando altos, os níveis de colesterol no sangue podem causar problemas vasculares cardíacos, cerebrais, entre outros. Por isso, é muito importante realizar exames de acompanhamento desde cedo e tirar as crianças da frente da TV e do computador, incentivando-as a brincarem mais. Lidiane Shayuri, apresentadora do Link Record News e da a previsão do tempo no Jornal da Record News e Jornal da Record, conta um pouco sobre Sarah, sua filha, e a relação da menina com o colesterol alto.

Lidiane Shayuri, apresentadora da Record, com sua filha deitadas na cama

Foto: Divulgação   A apresentadora da Record, Lidiane Shayuri, cuida de sua filha Sarah, que tem colesterol elevado

Como descobriu o problema

Ao contrário das crenças populares, o colesterol alto não é causado apenas por hábitos alimentares errados, sobrepeso e sedentarismo. “Soube que a Sarah tinha colesterol alto durante um exame de sangue solicitado pelo pediatra, quando ela tinha um ano de idade. Na época estranhei o pedido e o médico explicou que o caso da Sarah merecia atenção, já que eu tenho colesterol alto e a genética influencia. O médico estava certo: o exame apontou o índice elevado, mesmo com a pouca idade. Me questionei como seria possível uma criança tão nova receber esse diagnóstico? Eu mesma só descobri essa alteração no meu colesterol depois de adulta, mas provavelmente isso se deu porque antigamente não havia uma preocupação com a doença no período da infância”, explica Lidiane.

Mudança na alimentação

Pela pouca idade da filha, a apresentadora conta que o contato com os alimentos considerados prejudiciais quase não existiu. “As principais diferenças na alimentação de Sarah foram a mudança do leite, o uso da fritadeira elétrica (aquela que não usa óleo) e a forma de preparo dos alimentos. O leite foi trocado por um com baixo teor de gordura, até passar pelo de soja e o desnatado. Descobri que não há nada mais saboroso e saudável do que utilizar temperos naturais nas receitas. É possível elaborar muitos pratos gostosos utilizando legumes, verduras, produtos integrais, carne magra, frango e peixes”. Ela ainda comenta que a filha ajuda na cozinha: “isso é algo que ajuda muito na aceitação de novos ingredientes!”.

Cuidados

Lidiane revela como cuida da saúde de Sarah: “o pediatra disse que a alimentação saudável e a prática de atividades físicas seriam fundamentais para ela durante a vida toda. E fazemos tudo o que podemos para mexer o corpo de forma saudável. Vale passeio com o cachorro, andar de bicicleta, caminhadas…”. Ela ainda conta que, apesar de já possuir o hábito de controlar sua alimentação, os cuidados com a filha ficam redobrados: “Quando a questão se relaciona aos nossos filhos, a vontade de mudar se torna ainda maior. Procurei orientação nutricional e receitas diferentes, para agradar o paladar de uma criança. Ela muitas vezes se recusava a comer couve, berinjela, alcachofra, jiló e alimentos integrais. Montava pratinhos coloridos de salada e tornei o momento da alimentação ainda mais lúdico contando histórias. Percebi que é preciso ter criatividade e ser persistente!”.

LEIA TAMBÉM:

6 opções saudáveis para a lancheira das crianças

Conheça dicas para proteger seu filho da obesidade infantil

Colesterol: confira qual o nível ideal e descubra como está o seu!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.