ESTILO DE VIDA

Cérebro nota 10: jogar videogame melhora habilidades motoras e visuais

Cérebro nota 10: além de garantir momentos de muita diversão, jogar videogames também oferece alguns benefícios para o cérebro. Descubra quais!

None
Jogar videogames, como o Xbox One, pode promover diversos benefícios ao cérebro.

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/08/2016 às 14:51
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O desenvolvimento de habilidades visuais e motoras para realizar tarefas complexas é maior em indivíduos que se distraem por algumas horas diante do videogame. É o que revela um estudo feito por pesquisadores da Universidade de York (Canadá).

A pesquisa foi publicada na revista científica Cortex e revelou que os indivíduos que gastam mais tempo em seus consoles usam uma área diferente do cérebro para realizar as tarefas difíceis, além de apresentarem melhor desempenho nos testes da pesquisa.

Imagem: Divulgação / Microsoft

Jogar videogames, como o Xbox One, pode promover diversos benefícios ao cérebro. – Imagem: Divulgação / Microsoft

O estudo foi realizado com 13 homens com uma média de 20 anos que jogaram games por pelo menos quatro horas semanais nos últimos três anos, em comparação com outro grupo que não praticava essa atividade. Durante a realização dos testes que envolviam tarefas consideradas difíceis, como andar para um lado olhando para o outro, eles foram submetidos à ressonância magnética.

As imagens apontaram as áreas do cérebro ativadas em determinados momentos da experiência e verificaram a atividade cerebral enquanto os indivíduos jogavam. Os testes também verificaram como as habilidades adquiridas eram utilizadas na realização de outras tarefas.

Os participantes que não tinham o hábito de jogar videogame ativaram o córtex parietal durante as tarefas (relacionado à coordenação entre mãos e olhos). Já os participantes habituados aos games aumentaram a atividade do córtex pré-frontal, referente ao planejamento das ações e movimento.

O tipo de jogo é importante no desenvolvimento de determinada habilidade. Jogos de ação desenvolvem a região de decisão do cérebro. O indivíduo age 25% mais rápido que os demais sem ficar apreensivo. Outro benefício é o aumento da atenção. Os gamers conseguem se concentrar em seis coisas ao mesmo tempo sem perder o foco, enquanto pessoas normais se concentram em, no máximo, quatro. Essa descoberta de que as habilidades motoras e visuais podem reorganizar o cérebro oferece esperanças às pesquisas sobre pacientes com Alzheimer, que apresentam dificuldades para completar tarefas motoras simples.

Malhação para o cérebro

Os videogames despertam o desenvolvimento de diferentes tipos de perícias. O comportamento psicológico que explica essa atividade são as recompensas. Os jogos oferecem premiações para os acertos e isso estimula os neurotransmissores e fortalece a rede nervosa, como se fossem os exercícios físicos em relação aos músculos.

Especial – Cérebro Nota 10:

Cérebro nota 10: Jogue Angry Birds contra o Alzheimer

Cérebro nota 10: Evite AVC tomando champanhe

Cérebro nota 10: ter fé ajuda a expressar melhor as emoções

Cérebro nota 10: meditar previne depressão e estresse

Cérebro nota 10: dar presentes melhora seus neurônios

Cérebro nota 10: comer menos pode prevenir Parkinson e Alzheimer

Cérebro nota 10: ócio criativo para melhor saúde mental

Cérebro nota 10: ouvir música pode recuperar leões cerebrais

Cérebro nota 10: andar de moto pode turbinar memória e concentração

Cérebro nota 10: o que atrapalha seu funcionamento?

Texto: Helena Ometto / colaboradora – Edição: Ricardo Piccinato