Brócolis: saiba por que ele é o aliado das dietas e do bem-estar

O brócolis é vegetal completo: fibras, folato, cálcio, potássio e flavonoides são alguns de seus nutrientes que ajudam na prevenção de doenças!

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/01/2017 às 13:19
Atualizado às 13:05

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O brócolis é um ótimo aliado para quem deseja ter uma saúde melhor. Cheio de nutrientes, ele acaba sendo uma ótima opção para quem deseja melhorar o cardápio. “Ele é pouco calórico, rico em fibras, folato, cálcio, potássio e flavonoides”, destaca o nutrólogo José Alves Lara Neto. É, portanto, liberado em dietas de emagrecimento, oferecendo ainda uma lista de benefícios. Confira alguns:

brocolis-aliado-saude-dieta

FOTO: iStock.com/Getty Images

  • Menor risco de hipertensão: o brócolis é rico em potássio, um mineral essencial para o controle da pressão arterial. “Esse nutriente promove a dilatação dos vasos sanguíneos, melhorando o fluxo”, informa a nutricionista Greice Caroline Baggio.
  • Imunidade em alta: além de colaborar com o equilíbrio de nutrientes, necessário para as defesas do corpo, o alimento contém uma substância famosa por colaborar com o sistema imunológico: a vitamina C. “Ela ainda conserva os vasos sanguíneos, participa da absorção do ferro, favorece a cicatrização e o crescimento normal dos ossos”, acrescenta Greice.

Respirando melhor

O composto antioxidante sulforafano, presente no brócolis, ajuda a eliminar bactérias que afetam os pulmões. Foi o que revelou um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, realizado com pacientes que tinham doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). A conclusão foi que o antioxidante estimula a capacidade dos pulmões de eliminar bactérias, melhorando os sintomas.

Prevenção e nutrição

Uma xícara debrócolis corresponde a cerca de 40 calorias, indicado para dietas. “Estudos comprovam a eficácia do brócolis na prevenção de alguns tipos de câncer, como o de bexiga, mama e, especialmente, o de próstata”, ressalta a nutricionista Teresa Labanca. Porém, para isso, a recomendação é consumi-lo pelo menos três vezes por semana.

Texto: Redação Alto Astral

Consultoria: Greice Caroline Baggio e Teresa Labanca, nutricionistas; José Alves Lara Neto, nutrólogo

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.