Farinha e biomassa de banana verde: conheça o poder deles na dieta

Conheça quais são os benefícios que a farinha e a biomassa de banana verde proporcionam para a dieta. Saiba mais sobre o assunto!

None
Foto: Stella handa/Colaboradora

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/12/2016 às 09:40
Atualizado às 12:14

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A banana verde, in natura, pode gerar um pouco de rejeição, não é? Afinal, ela ainda não está no ponto de consumo e costuma “amarrar” a boca. Mas, superversátil, ela pode ser utilizada antes de amadurecer em duas outras formas que darão uma mãozinha a mais na sua dieta: a farinha e a biomassa de banana verde.

Na hora de eliminar os quilinhos extras, a banana verde tem um diferencial – o amido resistente. Ele não é digerido pelo intestino, sendo facilmente eliminado com o bolo fecal, gerando a sensação de saciedade prolongada e evitando que você fique com fome fora de hora.

Banana verde cortada

Foto: Stella Handa/Colaboradora

Verdinha

Funcional, a banana verde é escolhida na hora de preparar a biomassa e a farinha por conta da maior concentração de amido resistente já que, quando madura, ela fica mais açucarada e perde a eficácia. Além disso, nos preparos, como shakes e bolos, ela não influencia no sabor e ainda proporciona consistência.

Biomassa de banana verde

“Quando a banana verde passa pelo processo de cozimento úmido, ao qual dá origem a biomassa, a digestão do amido resistente torna-se facilitada, ocorrendo, então, um processo de gelatinização. Quando essa biomassa de banana verde é consumida, passa a ter um efeito indutor da saciedade, ajudando a regular o trabalho intestinal e a perda de peso”, explica Priscila Castilhos, nutricionista e personal diet.

Farinha

Também preparada com a fruta antes de amadurecer, ela é benéfica para a saúde e para a dieta. “Devido à sua composição, atua como prebiótico, ou seja, fornece substrato para crescimento da flora bacteriana saudável. Além disso, controla a absorção de gorduras e açúcares, sendo utilizada na prevenção e tratamento de hiperlipidemias, obesidade e hiperglicemia”, esclarece a professora do curso de Nutrição da Anhanguera de Niterói Flávia Souza. Fácil de acrescentá-la ao cardápio, pode ser usada em preparações como biscoitos e tortas. Mas é necessário ficar atenta ao consumo, alerta Flávia: “Em princípio não deve ser consumida nos estágios da vida em que há intenso crescimento e necessidades nutricionais adicionais, como na gestação, lactação e infância. Durante essas fases deve ser utilizada após avaliação de sua real necessidade”, completa.

Faça em casa

Deixe suas refeições deliciosas, bem mais saudáveis e amigas do emagrecimento

APRENDA A PREPARAR?

Biomassa de banana verde

Ingredientes:

  • 5 bananas verdes com casca
  • Água

Modo de preparo: lave as bananas ainda com casca com água e sabão. Corte as pontas e, na panela de pressão, cubra-as com água. Cozinhe por, aproximadamente, 10 minutos, depois de iniciar a pressão. Desligue o fogo e deixe as bananas na panela por mais 10 minutos. Descarte as cascas da banana e bata a polpa no liquidificador ou no processador até virar uma massa homogênea. Conserve na geladeira por até uma semana.

Farinha

Ingredientes:

  • 12 bananas verdes com casca
  • 1 litro de água
  • 1 colher (sopa) de água sanitária

Modo de preparo: coloque as bananas de molho por 10 minutos na água com água sanitária. Em seguida, lave a fruta em água filtrada, deixe secar e corte em rodelas. Distribua as bananas em uma fôrma e leve ao forno até secarem. Depois, bata no liquidificador até obter uma farinha. Guarde em pote fechado por uma semana.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.