5 dicas de consumo de beterraba

Saiba as melhores dicas para o consumo de beterraba!

None
FOTO: Istock

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/10/2016 às 13:16
Atualizado às 11:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Saiba como aproveitar melhor a beterraba com essas dicas de consumo, aproveitando melhor, utilizando texturas diferentes, dando mais cor aos pratos, não desperdiçando e tendo em mente as melhores combinações.

beterrabas

FOTO: Istock

1-Melhor aproveitamento

Alguns vegetais não podem ser consumidos crus porque precisam do cozimento para neutralizar substâncias que podem ser tóxicas para o organismo quando estão in natura – caso da mandioca. Porém, quando não há contraindicações como essa, consumir legumes e verduras cruas é a melhor forma de aproveitar todos os nutrientes que esses vegetais oferecem. A vitamina C e a betalaína, por exemplo, perdem-se facilmente em contato com o calor. Crua, a beterraba pode ser ralada em saladas ou batida no liquidificador com frutas e vitaminas. Ela acrescenta cor e nutrientes às bebidas sem deixar tanto o sabor marcante.

2-Outra textura

Crua, a beterraba é crocante e, se for cozida, torna-se macia, podendo ser acrescentada a purês (como de batata e mandioquinha), sopas ou picada em saladas.

3-Mais cor

Pães, bolos e panquecas podem ganhar nutrientes e uma cor rosada com a ajuda da beterraba. Basta adicioná-la, batida no liquidificador, às receitas. Por ser um corante natural, só agrega benefícios e pode colaborar com a alimentação saudável das crianças, já que torna os pratos mais atrativos.

4-No feijão, não!

Apesar de o consumo de beterraba ser popularmente associado ao combate à anemia, ela não é um dos melhores alimentos para esse fim, pois contém pouca quantidade de ferro. Possui outros nutrientes que colaboram com a prevenção da doença, como a vitamina C e o ácido fólico, mas ideal mesmo é apostar nas melhores fontes de ferro, como carnes vermelhas.

Por essa associação errônea, muitas pessoas costumam cozinhar o feijão junto com a beterraba para enriquecê-lo com ferro. Porém, quando o assunto é anemia, esse hábito não é indicado, já que prejudica as propriedades de cada alimento, em vez de enaltecê-los. “Durante o cozimento, a beterraba libera fitatos, substâncias que se ligam ao ferro do feijão, reduzindo a absorção e aumentando a eliminação pelo organismo”, explica a nutricionista Cintya Bassi. Contudo, não há problemas em se consumir os dois alimentos na mesma refeição – só é melhor não prepará-los juntos, na mesma panela.

5-Sem desperdícios

Geralmente, raízes como a beterraba e a cenoura já são vendidas sem as folhas. Mas, se encontrá-las com, aproveite! “As folhas da beterraba são ricas em cálcio, ferro, vitamina C e betacaroteno”, diz o nutrólogo José Alves Lara Neto. As folhas podem ser consumidas como qualquer outra verdura, em saladas, recheio para tortas e até em charutos, no lugar do tradicional repolho.

LEIA MAIS:

Redação Alto Astral

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.