10 passos para estimular a motivação no trabalho

No meio da correria do trabalho, selecionamos algumas dicas para que não falte motivação durante todo o seu expediente. Confira!

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 27/07/2016 às 19:37
Atualizado às 14:43

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando o assunto é trabalho, há quem diga que o importante é ter dinheiro no bolso. Mas existem outras maneiras de se manter sempre motivado no mercado de trabalho? “Um bom trabalho é aquele que oferece aos seus colabo­radores estabilidade emocional e física e uma remuneração compatível com o seu cargo”, afirma Patricia Patané, psicóloga consultora em escolha profissional.

A profissional complementa afirmando que “a motivação no trabalho é um caminho de mão dupla. Um funcionário só poderá ser um grande parceiro se houver um bom ambiente de trabalho, e vice-versa”. A boa notícia é que algumas dicas podem ser muito úteis nessa hora!

10 passos para ter motivação no trabalho

Veja como lidar melhor com a rotina no seu emprego!

• Analise se seus interesses são os mesmos da empresa. Dessa forma, haverá mais conexão para atingir o resultado desejado;

• Respeite os prazos e deixe todos os envolvidos satisfeitos com o serviço;

Organize-se e evite surpresas desagradáveis no desenvolvimento do seu projeto;

10 passos para estimular a motivação no trabalho

FOTO: Shutterstock.com

• Mantenha diálogo com os demais colaboradores para criar um clima agradável no dia a dia;

• Aprenda a ouvir! Outras pessoas também podem ter boa ideias para ajudar você;

• Evite adquirir vícios de trabalho. Assim, a sua rotina tem menos chance de se tornar cansativa;

• Permita-se viver novas experiências, como fazer alguma função diferente do que você faz constantemente;

• Demonstre vontade de aprender! Algumas vezes, isso vale mais do que o quanto você sabe;

• Estipule metas para não ficar sobrecarregado com várias funções;

• Não pense só no dinheiro! A satisfação profissional também tem a ver com o contentamento no que faz.

Leia mais:

Use a sua intuição na hora de tomar decisões

Concentração e foco: conheça as diferenças

10 dicas para melhorar a concentração

Consultorias: Camila Cury, psicóloga, pós-graduada em análise do comportamento e diretora do grupo acadêmico Augusto Cury; Marcia Toyoshima, empreendedora, fundadora e diretora da Ákora Brasil, empresa do segmento de higiene e limpeza; Mariana Bacellar, psicóloga especialista em gestão de pessoas; Mariella Gallo, senior executive coach da Crescimentum, empresa especializada em desenvolvimento e treinamento de líderes; Patricia Patané, psicóloga consultora em escolha profissional, da Teenager Assessoria Profissional.

Texto: Vitor Manfio/Colaborador – Entrevistas: Ricardo Piccinato – Edição: Victor Santos

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.