ENTRETENIMENTO

3 exemplos que confirmam: Freddie Mercury foi o maior frontman da música

Freddie Mercury, que completaria 70 anos neste dia 5 de setembro, foi o maior frontman da música. Veja três exemplos que comprovam esse fato

None
"Eu domino isso aqui como ninguém!" FOTO: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 05/09/2016 às 06:00
Atualizado às 18:22

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ainda que não exista uma definição formal, podemos falar que o frontman é a pessoa que toma à frente de um grupo. No caso da música, é o integrante principal de uma banda. O caso é que Freddie Mercury, que completaria 70 anos neste dia 5 de setembro, redefiniu o conceito em seus anos no Queen.

"Eu domino isso aqui como ninguém!" FOTO: Divulgação

“Eu domino isso aqui como ninguém!”
FOTO: Divulgação

Freedie Mercury não somente era o vocalista da banda, como também suas performances em cima do palco atraíam naturalmente os olhares do público. Além disso, conseguia entreter qualquer ambiente, até mesmo um estádio lotado com 200 mil pessoas. Selecionamos três exemplos que mostram: o vocalista do Queen dominava essa “arte” como ninguém.

Live Aid (1985)

Uma das apresentações mais marcantes da banda. O Queen fazia enorme sucesso pelo mundo, menos em seu país natal. Isso porque os ingleses criaram certa rejeição pelo grupo depois de uma série de shows que a banda fez na África do Sul em 1984 – no auge do apartheid. Mesmo assim, foram convidados a participar do Live Aid, um show beneficente a fim de arrecadar fundos para a Etiópia. Nos 25 minutos que ficaram em cima do palco, fizeram o público esquecer qualquer ranço com um show incrível liderado por Mercury. “Aquilo aconteceu graças ao Freddie. O restante de nós tocou bem, mas ele entrou e levou as coisas para outro nível”, disse Brian May.

Rock In Rio 1985

No primeiro dos dois shows que fez naquela edição do festival, em 11 de janeiro de 1985, o público de mais de 250 mil pessoas pode presenciar um dos pontos altos das apresentações do Queen: Love of My Life, com Brian May no violão e Freddie nos vocais. Mercury apenas regeu seu enorme coral durante a primeira estrofe, em uma das cenas mais marcantes da história do Rock In Rio.

Show no estádio de Wembley, na Inglaterra (1986)

Realizada em 12 de julho de 1986, a apresentação fazia parte da última turnê do Queen, a Magic Tour. Por quase dois minutos, Freddie “desafiou” o público a repetir suas performances vocais, o que deixou todos extasiados. Depois, a banda tocou um de seus grandes sucessos, Under Pressure.

SAIBA MAIS

Especial Presley: o legado que o rei do rock deixou para Freddie Mercury

Os duetos mais marcantes de Michael Jackson com grandes nomes da música

Texto: Thiago Koguchi