Os erros mais comuns ao tentar ler as expressões corporais alheias

É preciso evitar alguns erros que se encontram no senso comum, na confiança excessiva ou na afobação em decifrar a outra pessoa através dos gestos

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/10/2016 às 14:48
Atualizado às 18:39

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

É preciso evitar algumas armadilhas que se encontram no senso comum, na confiança excessiva ou na afobação em decifrar a outra pessoa através dos gestos. O coach e especialista em neuropsicologia Aristides Brito coloca alguns desses erros: “O erro mais comum é a generalização. Achar que todos são iguais. Pense em conhecer a pessoa, e principalmente, como ela se comunica primeiro, antes de tecer qualquer leitura”.

copors de madeira, linguagem corporal, erros

FOTO: Shutterstock

Os comportamentos padrões precisam ser notados, pois se uma pessoa é sempre sorridente, você não precisa observar essa característica dela, agora, se a pessoa de uma hora para outra muda esse hábito, é necessária a atenção. “Outro erro é interpretar as entrelinhas. Normalmente, o que a pessoa está falando é aquilo mesmo, o que vai ‘denunciar’ não são as palavras, mas o tom de voz e as expressões dela”, completa Aristides Brito.

LEIA TAMBÉM

Texto: Nathália Piccoli Edição: Angelo Matilha Cherubini

Cosultoria: Aristides Brito, coach e especialista em neuropsicologia