Brasileiras homônimas: descubra quais nomes são os mais comuns entre as mulheres

Segundo levantamento, o nome Maria está entre os favoritos!

Confira quais são os nomes mais comuns entre as brasileiras!
Confira quais são os nomes mais comuns entre as brasileiras! - Shutterstock

por Giovana Meneguin
Publicado em 02/08/2021 às 15:00
Atualizado às 15:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Elas fazem parte de um grupo de brasileiras que não se conhecem e nem mesmo possuem parentesco. Vivem no mesmo país, em cidades diferentes, mas têm algo em comum: nome e sobrenome idênticos - conhecidos por homônimos. Veja só:

No Brasil, existem cerca de 36.016 registros em nome de Maria José dos Santos; 16.980 Josefa Maria da Conceição; 15.905 Ana Maria da Silva; 7.034 Ângela Maria da Silva; 6.680 Vera Lúcia dos Santos; 6.481 Rosa Maria da Silva; 508 Edilma Maria da Silva; 308 Dilma Maria da Silva; 13 Creuza Conceição da Silva; 10 Alexandra da Silva Barros.

Parece assustador, certo? No entanto, esses dados apenas ilustram parte dos milhares de nomes idênticos voltados ao universo feminino divulgados pela proScore, bureau digital de crédito e authority de score. Logo, a lista continua, e, por sinal, é bem extensa. São milhões de pessoas espalhadas pelo país. "De 217 milhões de pessoas cadastradas em nossa base de dados, 116 são homônimos", ressalta Mellissa Penteado, CEO da proScore. 

É campeão!

Você tem ideia de quantos registros existem em nome e sobrenome de Maria José da Silva? Pasme: 78.403 pessoas. Isso mesmo! A campeã da lista da homonomia.

Em segundo lugar vem Maria Aparecida da Silva, com 53.743 homônimos. E não para por aí. Se tirarmos apenas a preposição “da” encontramos 5.329 Maria Aparecida Silva. Em compensação, o nome Alexsandra da Silva Barros aparece no final da lista: 10 pessoas possuem este nome e sobrenome, o número mínimo da lista de nomes homônimos da proScore. 

O queridinho dos famosos

Vale falar que o nome ‘Maria’ também caiu no gosto dos artistas e celebridades, de modo geral, por ser um dos mais populares. Portanto, a lista aqui também é grande.

O casal global Taís Araújo e Lázaro Ramos colocou o nome Maria Antônia na filha. A também atriz Deborah Secco e o fotógrafo Hugo Moura escolheram Maria Flor. Já Maria Manoela foi o nome escolhido para a terceira filha dos apresentadores global Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert. Maria é filha de Vanessa Giácomo e Giuseppe Dioguardi. Maria Victória foi o nome escolhido por Naldo e Moranguinho. Maria Eduarda é o nome da filha de Edu Guedes com Daniella Zuritta. Rodrigo Faro e Vera Viel também escolheram chamar de Maria uma das três filhas do casal.  Mas Elba Ramalho é uma das mais fãs do nome. Além do filho Luã, ela tem 3 Marias: Maria Clara, Maria Esperança e Maria Paula. 

Mas por que Maria é tão popular?

A explicação pode estar na religião. O nome Maria é um dos nomes mais comuns do mundo há séculos – nome dado à mãe de Jesus. E, segundo o cristianismo, significa "senhora soberana", "vidente" ou “a pura”. Em hebraico, a versão do nome é Miriam.

Todavia, apesar de Maria ser o mais popular, encontramos na lista de homônimos outros nomes em destaque, como Ângela Maria e Rosa Maria, que fazem alusão à grandes nomes da música brasileira e da arte. 

De olho no homônimo!

Apesar dos homônimos criarem situações inusitadas, ter uma pessoa com o mesmo nome também pode causar transtorno, caso haja algum tipo fraude. “Nesses casos, podem ocorrer até problemas com a Polícia, Receita Federal, Justiça e cobranças por dívidas que não foram feitas pela pessoa”, explica Mellissa.

Mas calma! Existir homônimos é simplesmente possível, mas uma pessoa com o mesmo RG e CPF é improvável. Assim, mesmo quando os nomes são exatamente iguais, é possível distinguir uma pessoa da outra. O documento de identidade, por exemplo, consta filiação, naturalidade, número do RG, data de nascimento e o mais importante, as impressões digitais – estas são únicas e intransferíveis.

No caso de empresas, a dica de Melissa é apostar em ações preventivas à fraude. “Essa questão da homonomia é extremamente importante dentro da atividade econômica. Por isso, a necessidade das empresas e comércios utilizarem ferramentas de prevenção de riscos e fraudes. Nosso cadastro tem milhares de homônimos, o que demonstra o tamanho do risco”, esclarece.

Contudo, ela ainda ressalta que o cuidado não deve ficar restrito à empresa, mas as pessoas físicas podem contratar verificação de CPF, caso do MeuAlerta, um sistema que monitora 100% do tempo o CPF garantindo que qualquer alteração seja comunicada.

Fonte: Mellissa Penteado, formada em Administração pela PUC/SP, com especializações pela Disney Institute, Law Business School, Ohio University e Business pela University of Akron, é CEO da proScore Tecnologia.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.