Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Escolha seus clareadores dentais com cuidado para não prejudicar o sorriso a longo prazo
Escolha seus clareadores dentais com cuidado para não prejudicar o sorriso a longo prazo - Shutterstock

Beleza

Clareadores dentais podem ser prejudiciais para os dentes? Entenda

Especialista explica por que é preciso ter muito cuidado na hora de escolher os clareadores bucais na farmácia

Uma das características mais marcantes e chamativas no rosto é o sorriso. Assim, para muitos, faz diferença ter os dentes brancos e luminosos. Não é surpresa que a demanda por clareadores dentais nas farmácias seja bem alta atualmente.

Há, por exemplo, cremes dentais que prometem esse clareamento. É sempre importante, todavia, saber se esses produtos são eficazes ou se podem ser prejudiciais. E ninguém quer ficar com os dentes mais bonitos por um tempo, mas depois ter vários problemas, não é mesmo?

De acordo com o Dr. José Todescan Júnior, membro da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, vários agentes clareadores não oferecem resultados tão eficazes quanto procedimentos realizados por profissionais e ainda podem ter ação abrasiva. Ou seja, tudo dependerá do caso específico de cada pessoa e dos produtos escolhidos.

“Restaurações de resina ou porcelana não podem ser clareados e por isso representam desafios significativos, já que esses materiais não respondem da mesma forma aos agentes clareadores. Portanto, a individualidade de cada caso deve ser considerada, evidenciando a complexidade na escolha do agente clareador adequado”, pontua.

Além disso, antes de qualquer tipo de clareamento, é importante consultar um profissional e fazer avaliações clínicas.

Produtos abrasivos

Todescan alerta para a presença de cremes dentais no mercado que, em um primeiro momento, parecem funcionar bem como clareadores, mas não é bem assim no final. Segundo ele, esses produtos podem trazer consequências indesejadas a longo prazo.

“A camada de esmalte, ao ser desgastada por esses produtos, pode levar a uma mudança na tonalidade dos dentes, tornando-os mais cinzentos. Esse fenômeno destaca a importância de escolher produtos que ofereçam resultados duradouros e seguros”, explica.

Dessa forma, é necessário extrema atenção na hora de escolher os clareadores dentais na farmácia ou mesmo no supermercado.

A escolha correta

Considerando essa questão de muitos clareadores dentais serem abrasivos, é sempre a melhor opção consultar um profissional antes de comprar para fazer a escolha correta. Assim, você consegue os dentes mais brancos sem comprometê-los e ainda recebe dicas especializadas e personalizadas para você.

“A estética do sorriso não deve comprometer a saúde bucal, e a orientação especializada continua sendo a melhor abordagem para alcançar o equilíbrio entre esses dois aspectos”, finaliza Todescan.

Mais notícias como essa

Casa & Decor

Questões como tamanho, densidade e firmeza/maciez precisam ser pensadas na hora de escolher um bom colchão para a sua cama

Pets

Veterinária ensina truques e esclarece mitos sobre como fazer o cachorro aprender a fazer xixi no local adequado para isso

Beleza

Repletos de nutrientes, os hidrolatos oferecem hidratação profunda e uma sensação calmante para a pele

Beleza

O transplante capilar no couro cabeludo é bem conhecido, mas você sabia que ele também existe esse procedimento para a sobrancelha?