Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Sua pele ficou "de ressaca"? Veja como curar
Sua pele ficou "de ressaca"? Veja como curar - Shutterstock

Beleza

A ressaca após as festas afetou a pele? Especialista diz o que fazer

As bebidas no Natal e no Ano-Novo podem deixar a pele “de ressaca” também; descubra medidas para tratar e deixar a cútis linda novamente

Natal, Ano-Novo, confraternizações entre amigos ou colegas de trabalho… são tantas as celebrações no fim do ano! O dia seguinte a essas festas, porém, pode não ser tão “comemorativo” para quem exagerou um pouco na bebida – é a famosa ressaca. E, além dor de cabeça e mal-estar, essa conhecida de muitos pode causar sintomas na pele, sabia?

Essa “ressaca da pele” ocorre porque o álcool é capaz de causar desidratação do tecido cutâneo, aumento da oxidação e produção de radicais livres – é o que explica a Dra. Fernanda Nichelle, médica que atua exclusivamente na área estética. De acordo com ela, as mudanças estéticas mais comuns na pele nesse sentido são a face amarelada e as olheiras profundas.

A longo prazo, o álcool também pode comprometer o sistema imunológico, predispondo à ocorrência de dermatites e alergias cutâneas. O melhor é não exagerar nem na quantidade e nem na frequência dessas bebidas, pois não é apenas uma questão de beleza.

Mas e aí, o que fazer quando a ressaca já se instaurou na pele para deixá-la bela novamente? Descubra a seguir e entenda como evitar o problema nas próximas festas:

O que fazer

A Dra. Fernanda explica que o melhor remédio para aliviar esses sintomas é a ingestão abundante de água pura. Excluir chás ou substâncias que possam agravar a desidratação também é essencial. Essas medidas não apenas ajudam com a questão da pele, como aceleram a cura da ressaca no geral.

Para um maior conforto, uma sessão de massagem facial é interessante. “Seja realizada manualmente ou com o auxílio de gadgets específicos, essa prática contribui para drenar o excesso de líquidos na face, estimulando a microcirculação sanguínea periférica e, assim, auxiliando na desintoxicação da pele”, comenta a especialista.

Como prevenir de outras vezes

Diminuir a quantidade de álcool ingerida é o principal caminho para impedir esses problemas na pele, entretanto escolher melhor as bebidas também é crucial. A cerveja, por exemplo, contribui para a retenção hídrica e, muitas vezes, está associada ao glúten, resultando em um rosto inchado.

Já o vinho parece a alternativa ideal, com sua potente ação antioxidante. O que se esquece é que alguns tipos dessa bebida contêm quantidades substanciais de açúcar e sal, prejudiciais à saúde da pele. Optar por opções com menor teor de açúcar, como vodca ou gin, ou experimentar com drinks não alcoólicos podem ser escolhas mais amigáveis para a cútis.

Vale lembrar que maneirar no consumo do álcool no geral é uma decisão que traz vantagens para o organismo no geral, não só para a pele. A moderação é a chave!

Mais notícias como essa

Estilo de Vida

O estresse pode se manifestar no corpo humano de diferentes maneiras, incluindo algumas pouco faladas; descubra quais são

Beleza

Especialista explica a diferença entre as técnicas de sobrancelhas mais populares dos salões de beleza

Finanças e Empreendedorismo

Seu dinheiro acaba antes do final do mês? Saiba como fazer para seu salário render mais e organizar as suas finanças pessoais

Saúde

Especialista destaca alguns problemas de saúde associados à prótese mamária e explica o que fazer para preveni-los