Cabelos de atleta: quais cuidados a mais você deve ter?

Manter as madeixas bonitas e saudáveis não precisa ser uma maratona. Especialistas indicam cuidados para ter cabelos de atleta campeão!

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 15/03/2017 às 19:01
Atualizado às 11:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem pratica esportes regularmente, seja profissional ou amador, sabe que os cuidados com a cabeleira precisam ser redobrados. Sol, poluição, suor, cloro e a necessidade de sempre estar com os fios presos podem agredi-los e deixá-los ressecados, como também opacos e sem vida. Saiba que pequenas atitudes no dia a dia podem ajudar você a exibir fios renovados. Veja como!

Mulheres, brancas, loira e morena, lindas, malhando, exercícios

Foto: iStock.com/Getty Images

Elimine o suor

Treinos prolongados, muitas vezes sob o sol, fazem com que a transpiração do couro cabeludo aumente significativamente. “Manter o cabelo úmido durante muito tempo pode ser prejudicial, pois piora a dermatite seborreica, que é a caspa, e o problema mais importante é que retira a proteção dos produtos capilares, comprometendo a qualidade dos fios”, explica o dermatologista Erick Omar, da AE Skin Center, de São Paulo, especialista em tricologia – ramo que estuda as doenças do couro cabeludo e cabelos. “O contato diário dos cabelos com suor pode danificar uma coloração ou progressiva”, acrescenta Cristiano Melo, técnico da Mac Paul Cosméticos. Lave as madeixas logo após a atividade física para evitar os danos causados pelo suor excessivo. Nunca vá dormir com os cabelos sujos, dessa maneira, você corre o risco de desenvolver fungos no couro cabeludo e adquirir doenças, além de deixar a cabeleira sem qualidade e quebradiça.

Cloro

Na piscina, use touca sempre que possível, para proteger os cabelos dos produtos químicos presentes na água.

Secagem

Procure deixar os fios secarem naturalmente. Caso não seja possível, é menos prejudicial treinar com o cabelo úmido e solto do que prendê-lo com muita força. Segundo o dermatologista, se as madeixas forem muito tracionadas na hora de prender, pode haver quebra e, a pressão constante, tende a levar à perda de cabelo permanente. Outra dica é ter o cuidado de não puxar muito os fios quando for malhar! Por outro lado, dormir com os fios úmidos uma vez ou outra não apodrece o couro cabeludo, como dizem por aí. “No máximo, pode atrapalhar a pentear no outro dia, porque o cabelo fica armado e embaraçado”, esclarece Erick Omar. Quem prefere usar secador precisa prestar atenção: prefira temperaturas amenas e mantenha distância dos fios. O uso constante do aparelho sem produtos para proteção térmica deixa o cabelo sem brilho, quebradiço e com pontas duplas.

Cuidados permanentes

Sob o sol, sempre que possível, use chapéu, lenço ou boné. Caso a atividade física não permita, lance mão de produtos com filtro UVA e UVB, reaplicando a cada duas horas ou toda vez que molhar os fios – mesmo que seja com suor ou lavagem. “Em casa, use xampu, condicionador e máscara de boa qualidade. A cada 15 dias, lave os fios com xampu antirresíduos”, orienta Melo.

Mulher de blusa preta com rabo de cavalo correndo

Foto: Shutterstock.com

Penteados

Prefira tranças, coques e rabos de cavalo mais soltos, lembrando nunca prender os cabelos molhados. Assim você evita a quebra dos fios.

Tratamento profissional

Visite seu cabeleireiro regularmente para manter os fios bem hidratados e nutridos. “É bom evitar muitos agentes químicos, como tintura e formol, ou o uso constante de chapinha. A permanente, por exemplo, é um processo que colabora muito com o aparecimento da caspa, pois deixa o couro cabeludo mais oleoso, podendo até descamar. A atleta precisa diminuir esses fatores, porque, como está mais exposta ao suor, eles acabam piorando essa condição”, destaca o tricologista.

Texto: Redação Alto Astral |  Consultoria: Erick Omar, dermatologista especialista em tricologia, da AE Skin Center, de São Paulo; Cristiano Melo, técnico da Mac Paul Cosméticos

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.