Beijo de esquimó: 4 dicas para aproveitar esse carinho

Aposte nessa técnica e deixe a sua relação mais fofa e prazerosa

O beijo de esquimó é discreto e delicado e dá um toque de leveza ao casal
O beijo de esquimó é discreto e delicado e dá um toque de leveza ao casal - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 07/01/2022 às 18:00
Atualizado às 18:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O beijo de esquimó é uma maneira fofa de demonstrar carinho e afeto. Não há como não se apaixonar com o beijo dado com a ponta do nariz. Em diversas culturas ocidentais ele é bastante utilizado. Quem não gosta um pouco do romantismo de vez em quando, não é mesmo? E melhor ainda quando ele vem acompanhado de surpresas que ativam a conexão do casal.

Ele também pode ser dado em momentos inesperados, pois não precisa ser algo secreto nem nada avassalador. É um jeito sutil de dizer "te amo" ou que está apaixonado.Veja as dicas e boas razões elencadas pela sexóloga Gabriela Daltro para adotar a prática já! 

1 - Está liberado o beijo de esquimó em lugares públicos

Se você é do tipo reservado que nem sempre gosta de beijar em público, a alternativa pode ser o beijo de esquimó, delicado e discreto que muitas vezes pode até passar despercebido por quem estiver ao redor.

2 - Melhora a conexão do casal

O beijo de esquimó melhora a conexão do casal e pode até deixar a relação mais leve. Ele carrega uma sensação de carinho, acolhimento. Essa prática também pode servir como uma antecipação ao beijo sexual. 

3- Beijo de esquimó em outras partes do rosto

Toque os lábios levemente, e coloque o nariz em outras partes do rosto. Consequentemente, será estimulado o contato visual, então deixa o sexo mais prazeroso uma vez que o olho no olho é muito desejado na hora H. 

4- Estimula o carinho 

O beijo de esquimó deixa o casal se aprofundar mais um no outro, provocando calafrios e amor. Na hora da transa ele pode servir como um momento de demonstrar o amor e carinho, antes de dar o próximo passo.


Fonte: Gabriela Daltro, sexóloga da plataforma Sexo sem Dúvida


ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.