Drica Moraes conta os detalhes de sua volta às novelas, em “Guerra dos Sexos”

Avalie

Drica Moraes volta à tevê depois de um período complicado, no qual passou pelo tratamento de um câncer. Recuperada, a atriz fala da sensação de voltar às novelas, no papel de Nieta, uma descendente de italianos, que trabalha cozinhando para fora, e faz de tudo para ganhar dinheiro, pois não aceita ser pobre.

Na entrevista que você confere logo abaixo, Drica fala sobre sua personagem, a volta às novelas, o fim do tratamento, o filho e muito mais.

Confira!

drica-moraes-entrevista

Foto: Ricardo Leal/ Colaborador

 

Guia Astral: Como está sendo voltar às novelas depois de tudo que aconteceu? Afinal, você fez uma participação em Ti-Ti-Ti, mas agora é uma novela inteira…

Drica Moraes: “Ah, estou muito feliz! Faltava essa intensidade de novela, essa adrenalina, essa rapidez, essa velocidade pra sentir que estou de novo inteira. É muito bom!”

 

Guia Astral: A sua personagem é uma italiana. Como ela é?

Drica: “Nieta é da Mooca. É de origem italiana e é uma mãezona. Tem todas aquelas coisas de ‘tradição, família e propriedade’. Muito católica, muito fervorosa, muito adoradora da filha e muito trabalhadora. Então, ela tem muitas nuances. É uma personagem muito rica, muito gostosa de fazer.”

 

Guia Astral: Como está sendo para você exercitar o italiano?

Drica: “Ela fala português, mas com sotaque. Então, tem essa coisa do paulista, meio assim puxando pra musicalidade dos italianos. É uma delícia de fazer. Está sendo muito saboroso.”

 

Guia Astral: A gente acabou de ver Chocolate com Pimenta, no Vale a Pena Ver de Novo. Quando você via, dava vontade de voltar logo ao ar?

Drica: “Eu não vejo novela. Gostei muito de fazer essa personagem. Uma das coisas que eu mais gostei de fazer. Era muito gostoso. Minha nova personagem até tem umas coisas assim de maledicência, de fofocada…”

 

Guia Astral: Mas tem comédia também, não é?

Drica: “Sim. Até parece um pouco essa personagem de ‘Chocolate com Pimenta’.”

 

Guia Astral: Você ainda faz tratamento?

Drica: “Não, já tive alta.”

 

Guia Astral: E precisa fazer algum controle, exames periódicos?

Drica: “Não, não tenho que fazer nada.”

 

Guia Astral: E como é o seu visual em cena?

Drica: “Eu ponho peito, barriga, bunda, peruca, ombreira, tudo! Eu estou montada… quase uma drag queen da Mooca. Muito, muito enxerto mesmo! Muita coisa pra dar uma silhueta, pra dar um peso, uma forma mais encorpada. É divertido. Mas foi difícil achar o tom.”

 

Guia Astral: Quanto tempo leva para você se aprontar?

Drica: “Levo uns 40 minutos. Demorou para entender que personagem era esse, que silhueta era essa a da personagem, pra não ficar exagerado. Então, é um tipo. Estou montada, mas tem uma sutileza.”

 

Guia Astral: Tudo isso incomodou no início?

Drica: “É ruim porque fica apertado. Nem quando eu fiquei careca eu usei peruca porque eu odeio coisa me esquentando a cabeça. Então, a peruca me irrita muito. É o que mais me incomoda.”

 

Guia Astral: Você disse que o cabelo voltou diferente…

Drica: “Sim, mais fininho e com menos volume.”

 

Guia Astral: Essa é a sua primeira novela que seu filho vai poder ver. Como você se sente?

Drica: “É, é a primeira vez mesmo. Agora ele está começando a entender o que é uma novela.”

 

Guia Astral: Qual você acha que vai ser a reação dele?

Drica: “Acho que ele vai gostar. Eu já expliquei pra ele que não é de verdade, que eu vou ter uma filha de mentira. Ele falou que não quer ter irmã. E eu falei que não é irmã dele.”

 

Guia Astral: Já está batendo uma saudade de deixá-lo em casa para vir trabalhar?

Drica: “Eu adoro trabalhar. A gente tem uma relação muito sólida pra ter saudade assim. Saudade, na verdade, tenho sempre. Mas adoro trabalhar também. Adoro chegar em casa, adoro pegar ele. A saudade de filho é eterna.”

 

 Entrevista: Márcio Gonçalves.

Texto: Soraia Alves.

 

Mais lidas