As 4 vitaminas essenciais para fortalecer a imunidade do seu organismo

Mantenha a defesa natural do corpo sempre em dia, consumindo os alimentos ricos nestes nutrientes

vitaminas para aumentar imunidade
Foto: Shutterstock

Indispensáveis e grandes aliadas da proteção do organismo, as vitaminas para aumentar imunidade devem estar presente em todas as refeições realizadas ao longo do dia. E, embora essa tarefa pareça difícil, muitas vezes você já a faz sem saber. Isso mesmo! O consumo de diversas leguminosas, hortaliças e frutas trazem a porcentagem ideal dos nutrientes fundamentais para o desempenho adequado do corpo.

“As vitaminas e minerais são importantes para melhorar nossa defesa natural, regular o metabolismo, regenerar a pele e os ossos, entre outros benefícios. Lembrando que elas não são produzidas pelo organismo e precisam ser absorvidas por meio da alimentação equilibrada, suplementação (caso haja necessidade) e exposição solar (no caso da vitamina D)”, explica o Dr. Paulo Lessa, médico e proprietário do Instituto Lessa.

Para evitar a vulnerabilidade, impedindo a infestação de fungos, bactérias e vírus nocivos a saúde, o especialista enumera quatro substâncias poderosas para fortalecer nossas barreiras e liberar mais energia ao longo da vida.

Acrescente ao seu dia a dia essas vitaminas para aumentar imunidade

1. Vitamina D

“Já é de conhecimento popular que a vitamina D tem um impacto muito importante na saúde dos ossos, mas o nutriente também pode influenciar a resposta imune do organismo”, declara Paulo. Pode ser encontrada em alimentos gordurosos, como a gema do ovo, peixes, como sardinha e atum, e queijos, e claro, a luz solar.

Pelo menos 15 minutos de exposição ao sol (no horário adequado) são suficientes para ajudar o sistema imunológico a produzir essa vitamina. Entretanto, em alguns casos é necessário a suplementação. Vale consultar o seu médico para entender melhor qual o nível da sua carência.

2. Vitamina B9

Encontrada em melão, laranja e maçã, em vegetais como brócolis, beterraba e couve de bruxelas, e leguminosas como o feijão branco. “Estudos indicam que a B9 é essencial para a manutenção das células Tregs, componentes que atuam na defesa do organismo”, elucida.

3. Vitamina B6

“Com participação em diversos processos metabólicos do corpo, a deficiência de vitamina B6 prejudica as reações imunes das células”, comenta Paulo. Algumas fontes dessa vitamina são alimentos de origem animal, como a carne, principalmente de porco e ovos. Você também pode encontrá-la na banana, abacate, aveia e arroz integral.

4. Vitamina A

“A deficiência do nutriente está associada à redução da atividade de células que ativam anticorpos contra bactérias e antígenos que invadem o organismo”, explica o especialista. Os alimentos ricos em Vitamina A são, principalmente, fígado, gema de ovo e óleos de peixes. E outros, como cenoura, espinafre, manga e mamão.

Complementos para fortificar o corpo

Também vale ressaltar que, para completar o hábito da alimentação saudável, alguns costumes também devem ser introduzidos no dia a dia. A prática de exercícios físicos, não importa de qual tipo, é essencial. Não deixe de se movimentar e com isso, você estará cooperando com o seu organismo para se tornar cada vez mais resistente às ameaças externas.

Também é importante manter uma rotina de sono adequada. Segundo a Associação Brasileira do Sono, dormir mal ou pouco pode afetar o desempenho intelectual, o humor, a memória, o controle do peso corporal, reduzir a imunidade e ainda aumentar o riscos de doenças como diabetes, hipertensão arterial, obesidade e depressão.

Leia também: