Acerte no tom: truques para a transição de cores para cabelos

Conheça dicas incríveis sobre o que você precisa fazer para não ficar com as madeixas no tom errado durante a transição de cores

None
Foto: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/11/2017 às 11:46
Atualizado às 11:46

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Algumas mudanças de cor, como, por exemplo, de madeixas loiras para ruivas ou de pretas para loiras, exigem muita atenção. Por serem processos complexos, a transição de cores deve ser realizada por profissionais. Com a ajuda da hairstylist Lílian Souza, do Quality Hair, de São Paulo, elencamos algumas transformações “perigosas”e explicamos os cuidados que precisam ser tomados com elas.

Ruivo para loiro

Mulher branca de cabelos loiros e cumpridos em um fundo cinza fazendo sinal de joia com as duas mãos.

Foto: Shutterstock.com

O primeiro passo é analisar o cabelo para descobrir há quanto tempo o tom é usado, qual a última vez em que foi colorido, com qual frequência os fios são hidratados e a que tom de loiro se quer chegar. Caso seja um loiro-platinado, pode acreditar que será um processo complicado e talvez não seja possível chegar a essa tonalidade. Há algumas técnicas que podem ser usadas, como, por exemplo, começar fazendo luzes. Geralmente, quando isso é feito, o cabelo tende ficar com um tom alaranjado. Então, use tonalidades de cinza, que vão apagar essa cor indesejada. O mais provável é que esse cabelo fique no tom loiro-mel ou avelã. Se você quiser ainda mais claro, então será preciso descolorir e, depois, colorir os fios, para devolver pigmentos. Nesse caso, há uma agressão forte à cabeleira e, após todos esses processos, o uso de tratamentos hidratantes e regeneradores é obrigatório.

Sempre que quiser fazer alguma mudança radical na cor dos seus fios, procure um profissional capacitado para realizá-la.

Preto para ruivo

Mulher branca, ruiva, com os cabelos soltos e cumpridos deitava de barriga para baixo na grama com os pés para cima.

Foto: Shutterstock.com

Para a transição de cores, no caso do tom preto, o melhor é fazer uma leve decapagem nos fios umedecidos para descarregar um pouco a cor escura. Em seguida, as madeixas são lavadas e coloridas com a tonalidade escolhida.

Loiro para ruivo

Mulher ruiva com o cabelo tamanho médio de regata branca e uma jaqueta de couro preto, mexendo em celular branco.

Foto: Shutterstock.com

Se for um loiro muito claro, será preciso fazer uma pré-pigmentação nos fios úmidos com um tom acobreado. Essa química pode ser feita com tinta e água morna. Depois, é só enxaguar, fazer uma secagem superficial e entrar com a coloração na cor desejada.

Preto para castanho

Mulher branca com o cabelo castanho de lado, olhando para baixo com um leve sorriso no rosto.

Foto: Shutterstock.com

Para isso, em primeiro lugar, é necessário fazer uma boa análise e verificar há quanto tempo se usa o tom de preto, qual o processo utilizado, se é tinta ou henna etc. No caso da coloração, devem ser levados em conta o tempo de uso da tinta escura e o tom de castanho esperado. Se o cabeleireiro achar que é possível fazer essa transformação, será preciso fazer uma decapagem para, em seguida, colorir com a cor escolhida.

Preto para loiro

Mulher com o cabelo loiro escuro, tamanho médio, com batom vermelho e cara de séria, com uma alça de um vestido branco.

Foto: iStock.com/Getty Images

Nos cabelos pretos, tudo depende de qual tom de loiro se quer chegar. Se for na base de sete ou oito (loiro-médio ou loiro-claro), é necessário fazer uma decapagem, para, então, fazer a coloração. Se a tonalidade desejada for o loiro na base nove ou dez (loiro-muito-claro ou loiro claríssimo), deve-se fazer uma descoloração e, depois, colorir os fios.

Loiro para preto ou castanho

Mulher branca, morena, com o cabelo na altura do ombro e franja, de roupa preta na frente de uma árvore de natal branca com bolas coloridas.

Foto: Shutterstock.com

É preciso ter cuidado, pois, dependendo do tom de loiro em que estiverem os fios, durante a transição de cores, eles podem ficar verdes. Se a cor estiver muito clara, é preciso fazer uma pré-pigmentação com uma tonalidade em cobre ou dourado. Só depois é que se pode colorir os cabelos.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Lílian Souza, hairstylist, do Quality Hair, de São Paulo – SP

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.