UNCATEGORIZED

Madeira para decorar bem: tons neutros trazem charme ao banheiro

Fazer a decoração de um banheiro é um desafio, mas pode trazer resultados surpreendentes. Que tal ousar e utilizar a madeira como destaque?

None
Fotos: Cacá Bratke

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/06/2017 às 15:47
Atualizado às 16:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O arquiteto Gustavo Calazans, em parceria com a Leroy Merlin, mostra como usar a madeira no ambiente e dá dicas de organização para o banheiro. A principal delas é a utilização de um espelho deslizante, útil quando o assunto é desaparecer com o que não é belo aos olhos, mas necessário no banheiro.

Para o casal

O projeto foi idealizado para um casal e é fiel ao que o mercado oferece atualmente, mostrando que para ter um banheiro bonito não é preciso ousar no revestimento. “A dica é escolher os acabamentos bem e saber como misturá-los”, afirma Calazans.

Banheiro decorado em madeira

Fotos: Cacá Bratke

3D em madeira

Nichos em 3D com alturas e profundidades diferentes foram feitos a partir da mistura de cerâmicas estampadas. Eles estão dispostos atrás do modelo de espelho da Leroy Merlin, que possui um armário embutido e corre sobre um trilho, deixando um lado visível e outro não – ideal para deixar à mostra ou esconder os seus objetos pessoais, conforme o desejo do dono do banheiro. Uma boa dica para manter o espaço com cara de organizado, mesmo em dias que não foi possível arrumar.

A madeira utilizada nos armários e lixeira deixa o ambiente charmoso e aconchegante. Além disso, combinam perfeitamente com a proposta sóbria do banheiro.

Banheiro decorado em madeira

Fotos: Cacá Bratke

Diferencial

Outra ideia do arquiteto diz respeito à utilização do revestimento do piso, que acompanha parte da parede até a bancada. “Neste ponto, surge o barrado que divide as áreas de cima e de baixo, com revestimentos diferentes. Aqui o barrado substitui o frontão, que em geral é feito de pedra”, diz Calazans.

Texto: Jussara Tech

LEIA TAMBÉM