Grafite na decoração: renove suas paredes com a arte!

Bernardo e Priscila Tressino, da PB Arquitetura, explicam o poder do grafite para deixar ambientes mais leves e estilosos com cores

None
Foto: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/10/2017 às 10:49
Atualizado às 13:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não é apenas uma parede na sala e não é apenas uma sala. É um ambiente inovador com cores que chamam atenção projetado pelos arquitetos Bernardo Tressino e Priscila Tressino da PB Arquitetura. A parede com grafite revela o estilo alegre dos moradores deste apartamento em São Caetano do Sul. A escolha do grafite valoriza ainda mais os ambientes integrados e quebra aquela sensação de seriedade.

Exclusividade!

O grafite é uma arte que está fazendo cada vez mais parte dos lares. Para fugir do papel de parede, inovar e criar um aspecto mais personalizado e exclusivo, os grafites são perfeitos em qualquer estilo de decoração, desde os mais contemporâneos aos mais românticos. Tudo depende da escolha da arte.

Versáteis

E além disso, o grafite pode também entrar em qualquer parte da casa. Nada de limitações. Assim, os arquitetos da PB levaram para um cômodo nada comum para ser “rabiscado”: a sala. Para eles, só não dá para pecar no excesso. “Optamos por apenas uma parede grafitada, e as outras paredes foram pintadas de branco e cinza. Para não ficar um ambiente muito carregado”. Em um ambiente mais amplo, por exemplo, as cores podem ser mais vibrantes e quentes. Entretanto, em um espaço com pouca metragem deve-se prestar atenção na paleta de cores que o grafite terá. “O ambiente menor pode levar sim um grafite, mas as cores utilizadas podem sobrecarregar o ambiente, o deixando ainda menor, com muita informação”, explica Bernardo.

Decoração, grafite, casa, apartamento

Foto: Divulgação

Use sua criatividade com os grafites!

Dá para soltar a criatividade em texturas, formas, cores e desenhos. O grafite não só enriquece o projeto, como cria um aspecto visual autêntico. Para Priscila, a técnica é conjunta. Tanto o arquiteto quanto os moradores e o artista podem pensar juntos sobre o desenho e suas formas, fazendo uma criação ideal para aquele espaço. Priscila ainda ressalta que o grafite está saindo das ruas e mudando seu conceito no âmbito de arquitetura e décor, mas ainda assim continua atraindo olhares.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.