Caspa Canina: o que é e como prevenir?

A caspa canina é que uma descamação excessiva do couro cabeludo do animal, que acaba se estendendo por todo o corpo. Saiba como prevenir no seu cão.

None
Evitar a caspa de seu animal evitam uma série de outras doenças, além de proteger os pelos e a pele (Foto: Pixabay Shutterstock Images)

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/01/2018 às 09:30
Atualizado às 13:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A caspa canina nada mais é que uma descamação excessiva do couro cabeludo do animal, que acaba se estendendo por todo o corpo. Os motivos desse problema de pele são diversos, entre eles estão o excesso de gordura (sebo) na pele do animal, alergias a pulgas e carrapatos, baixa umidade do ar ou por uma inflamação no couro cabeludo, que é a causa da caspa em 90% dos casos, ocasionando vermelhidão e descamação no corpo todo ou parte dele. Essa inflamação recebe o nome de dermatite seborreica.

  • Tipos

Seborreia/caspa primária: pode ser de origem medicamentosa, de uma deficiência dietética (gordura, proteína, vitamina A, zinco) ou da má absorção ou digestão e falhas no metabolismo das gorduras. Seus aspectos são a excessiva oleosidade e a escamação da pelagem do animal.
Seborreia secundária: pode ser causada por pulgas e carrapatos e, em alguns casos, é originária de dermatites. O animal também pode ser acometido pela caspa secundária devido à sensibilidade a produtos como xampus e pomadas, ou até mesmo o clima muito seco.

  • Diagnóstico

Exames clínicos devem ser realizados por um médico veterinário para diagnosticar a importância da doença. Dependendo da gravidade, o veterinário poderá receitar medicamentos por via oral ou injetável, além de xampus, pomadas e afins.
A escovação regular do pelo também permite eliminar os pelos mortos e faz com que o sebo se desprenda ao mesmo tempo em que fortalece a pele do animal.

  • Raças mais comuns

Algumas raças são predispostas ao aparecimento da caspa, como os spaniels (cockers e springers), basset hound, pinscher, doberman, sharpei, alguns terriers, labradores e dachshunds. Se você tem um cãozinh

VEJA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.