Trocas saudáveis e baratas para você não gastar com a dieta

O preço dos alimentos não é mais desculpa para sabotar sua dieta. Saiba como substituir alimentos com valores nutricionais parecidos por produtos mais baratos.

arroz integral
FOTO: iStock

Em tempos de crise, muitas pessoas têm desistido de comprar alguns alimentos no supermercado por causa dos altos preços com o objetivo de economizar. A solução para isso tem sido substituir os produtos mais caros por outros mais baratos sem que a troca prejudique a qualidade da alimentação. Por isso, a nutricionista Fernanda Faustino Ribeiro elaborou uma lista com alimentos mais baratos, mas que não perdem para os mais caros em relação à qualidade nutricional.

arroz integral

FOTO: iStock.com

Salmão por sardinha

Ambos são excelentes fontes de proteína magra e aminoácidos essenciais. Combatem a anemia e ajudam no ganho de massa magra. Segundo Fernanda, a sardinha, além de ser um alimento mais barato, têm quantidade maior de ômega 3 do que o salmão.

Óleo de abacate ou de coco por azeite extravirgem

“O óleo de abacate possui muitas gorduras boas (ômegas 6, 7 e 9) que ajudam no controle do colesterol. Além disso, ele também é rico em vitamina E e beta-sitosterol, substância que colabora na regulação da produção de cortisol, ajudando a diminuir a ansiedade e a fome. O óleo de coco também tem vitamina E, ajuda no controle da glicemia e facilita a queima de gordura durante a prática de exercícios. Mas, ao comprar um azeite extravirgem de boa qualidade, você não perde nada, já que o produto também é ótima fonte de gorduras boas, além de ajudar no controle da glicemia, na diminuição do colesterol ruim (LDL) e aumento do bom colesterol (HDL)”, destaca a nutricionista.

Arroz 7 cereais por arroz integral ou parboilizado

Ambos têm muitas fibras. E o uso contínuo tanto do integral quanto do parboilizado ajuda a reduzir o abdômen porque eles favorecem o bom funcionamento do intestino. Esses tipos de arroz ainda diminuem a fome e controlam a glicemia.

Queijo cottage por ricota temperada

Os queijos são uma fonte excelente de cálcio. No entanto, os amarelos e curados são sempre mais calóricos. “Os mais branquinhos, como cottage e ricota, contêm menos gorduras e têm praticamente o mesmo valor calórico, sendo a ricota mais barata do que o cottage”, afirma Fernanda.

VEJA TAMBÉM:

Aprenda a fazer uma marmita saudável e economize

Receitas com sobras: economia e muito sabor!

Dicas para economizar no mercado

Mirtilo ou blueberry por amora

De acordo com a nutricionista, tanto o mirtilo quanto a amora atuam como poderosos antioxidantes e possuem a antocianina, que tem função anti-inflamatória. Além de ajudarem a controlar a glicemia, melhoram a função cognitiva e a memória, já que são ótimos para o cérebro. Mais barata do que a blueberry, a amora não perde em benefícios. Boa fonte de resveratrol (antioxidante flavonoide que ajuda a prevenir o acidente vascular cerebral AVC), é excelente fonte de vitamina C, reforçando o sistema imunológico, e também de ferro.