Tortas: especialista dá dicas de como fazer e vender

Você faz ou quer fazer tortas para vender? Então confira as dicas do professor de Gastronomia para produzir tortas saborosas e de qualidade!

Ingredientes de torta, ovos, trigo, batedeira, fundo branco
Foto: Shutterstock

Quem faz produtos alimentícios para vender deve levar em consideração diversos pontos, como a embalagem e a forma de comercializar os seus quitutes, conseguindo assim conquistar cada vez mais clientes. Mas, o mais importante sempre será a qualidade do que está sendo produzido. Portanto, quem trabalha com isso deve ter em mente que de nada adianta uma embalagem bonita se o sabor não agradar! Para te ajudar nessa empreitada de fazer delícias para vender, entrevistamos Arthur Carrascoza Zerlotto, professor de Gastronomia do Senac Aclimação, em São Paulo, que contou várias dicas para você produzir tortas cada vez mais saborosas, conquistar clientes e fazer do seu negócio um caso de sucesso!

Para começar…

Quando você decide abrir um negócio, vários pontos devem ser considerados. Isso não é diferente para quem quer fazer tortas para vender. Por isso, Arthur indica que a primeira coisa a se escolher seja o cardápio. “A dica que dou é para a pessoa relacionar todos os produtos que ela quer produzir, assim ela consegue ter noção do equipamento e espaço necessário para a produção”. E, antes de começar a fazer as tortas, o professor de Gastronomia explica que “é interessante saber a necessidade do cliente ou o evento em que ela será servida para poder atendê-lo corretamente. Por exemplo, devemos saber a quantidade de pedaços que ele necessita, o tamanho, o formato e o sabor que mais se adequa”.

Torta de Frango com Massa de Grão-de-bico, prato, espátula

Foto: Stela Handa | Produção: Maria Olinda Cabral

A escolha dos ingredientes

Além dos cuidados na hora de fazer a receita, os ingredientes utilizados na hora de preparar qualquer produto são muito importantes. “Na verdade, eu sempre falo: escolha os ingredientes como se fossem para a sua família. É claro que alguns insumos são melhores que outros, mas temos que pensar no custo total da receita”, explica Arthur. Então, lembre-se de buscar ingredientes de qualidade, mas não esqueça que seu objetivo é lucrar com suas vendas! Outra questão importante sobre os ingredientes é que, segundo Arthur, “na cozinha, 2+2 nem sempre serão 4”. “Temos que tomar cuidado com a hierarquia dos ingredientes. A cozinha é um laboratório, um pouco mais de um ingrediente pode colocar a sua receita em risco”, complementa.

A massa perfeita

A massa é uma das partes mais importantes da torta e faz toda diferença no sabor! “Eu digo que a ‘técnica’ de produção de qualquer receita é muito importante. Na vida temos a hierarquia, na cozinha não é diferente, temos que entender o que cada ingrediente faz quando juntamos ele com outro”. Ter uma massa saborosa é importante para qualquer tipo de torta, mas nas tortas doces a atenção deve ser ainda maior para que o resultado seja perfeito!

Massa de torta, bandeja, garfo

Foto: Shutterstock

A massa feita com biscoitos triturados e manteiga é a mais comum, mas saber algumas técnicas pode torná-la ainda melhor. “Uma dica muito importante para a produção deste tipo de massa é sempre trabalhar com as pontas dos dedos, e a manteiga gelada e cortada em cubos, assim você terá uma massa mais crocante”, sugere Arthur. O professor explica ainda que o ideal é preparar sua própria massa para conseguir um sabor e uma textura de maior qualidade. Os ingredientes para isso, segundo ele, são os básicos: farinha de trigo, manteiga, açúcar e ovo.

No forno

Nem todo mundo dá a devida atenção para esse passo, mas ele pode fazer com que seu trabalho não atinja a qualidade que deseja e acabar afastando os clientes. Portanto, é preciso prestar atenção na temperatura e no tempo de forno, lembrando sempre de levar como base as informações da receita. Mas, o que quase ninguém se lembra é que, depois que torta é retirada do forno, os cuidados não devem ser deixados de lado. “Se você pegar uma torta que acabou de sair do forno e colocá-la no freezer, você irá congelar o vapor que está dentro dela. Quando o cliente for comer, terá cristais de gelo dentro da torta e isto é considerado um erro”, explica Arthur.

Recheio delicioso

Existem muitas opções de recheios tanto para tortas salgadas quanto para as doces, mas não há uma combinação certa. Entretanto, existem os sabores queridinhos, aqueles que sempre fazem sucesso, como o de limão e o de morango. Por isso, esteja sempre atenta aos sabores mais procurados e os que estão na moda! Outro ponto importante sobre os recheios é que para conseguir a consistência perfeita, a maioria das pessoas utiliza a gelatina sem sabor. Arthur explica, no entanto, que dependendo do tipo de torta e da técnica que será utilizada, existem outras opções, como cremes à base de ovos, amido de milho, emulsões, etc.

Receita de torta holandesa com morango

Foto: Stela Handa | Produção: Stela Handa e Maria Olinda Cabral

Mais bonita!

Você já deve ter ouvido alguma vez na vida que primeiro comemos com os olhos, não é? É exatamente por isso que, além de ser saborosa, uma torta deve ser bonita! Por isso, dê atenção especial à cobertura e à embalagem, elas fazem toda a diferença. Uma opção que faz muito sucesso hoje em dia é a venda em potinhos! Arthur explica que, “por incrível que pareça, quando a produção é feita em potes, ela se torna mais fácil, pois é a embalagem que dará a beleza final do seu produto. A venda em potinhos está em alta e creio ser difícil sair do mercado”.

Massa integral

Para quem quer uma alimentação mais saudável, mas sem deixar de lado o sabor, as massas integrais são uma boa opção. Por oferecer mais fibras, a massa integral aumenta a saciedade e colabora com o funcionamento do intestino. Além disso, ela tem mais vitaminas que a feita apenas com farinha branca. Para o preparo da massa integral, basta substituir 1/3 da medida indicada na receita de farinha de trigo por farinha de trigo integral. Essa dica serve para a massa básica e para a de liquidificador. As massas podre, folhada e de pastel não são indicadas para esse tipo de preparo. Para incrementar ainda mais a sua massa, experimente acrescentar de 1 a 2 colheres (sopa) de chia, linhaça ou gergelim.

Com as dicas do professor, agora é só aplicar esse conhecimento hora de fazer suas tortas para ter ainda mais sucesso nas suas vendas! Lembre-se sempre de que ter cursos na área é muito importante para quem quer conhecer novas técnicas e outras formas de fazer produtos de qualidade. Então, busque sempre se profissionalizar!

Texto: Thainá Zanfolin/Colaboradora | Consultoria: Arthur Carrascoza Zerlotto, docente da área de gastronomia do Senac Aclimação, São Paulo.

 

LEIA TAMBÉM