Os 9 melhores e mais fáceis temperos para se plantar em casa

Aprenda a cultivar algumas espécies utilizadas em várias receitas e que deixarão suas refeições ainda mais saborosas

temperos para plantar em casa
Foto: Reprodução/Thinkstock

Quer dar um toque a mais nas suas refeições, mas sem sair de casa para comprar outros ingredientes? Saiba que isso é possível! Existem alguns temperos que são perfeitos para se plantar em casa. Basta ter um espaço no quintal ou na varanda para cultivar a sua própria horta.

É importante que o local escolhido receba uma boa quantidade de sol durante o dia, para garantir que as plantas cresçam sem problemas. Dá para usar vasos individuais ou um único maior, no entanto, é importante deixar um espaço entre as espécies diferentes, caso elas sejam cultivadas no mesmo lugar.

Caso queira acelerar o processo, adube a terra, ato que ajudará a repor os nutrientes mais rapidamente. Depois, é só escolher os seus temperos favoritos e se atentar aos cuidados que cada um deles necessita. Em pouco tempo, eles vão estar prontos para serem colhidos e usados nas receitas.

As melhores opções de temperos para plantar em casa

1. Hortelã

Para cultivar hortelã em sua horta, é muito importante tomar cuidado pois ela não deve ser plantada junto com outras espécies. O ideal é usar um vaso individual, já que a raiz é muito profunda e, em contato direto com o solo, pode se tornar uma praga. Ela é uma erva que não precisa de incidência direta do sol, mas requer regas diárias e com bastante água. O ideal é colher suas folhas antes ou durante a floração.

2. Alecrim

Essa planta é ideal para quem não tem tempo para cuidar de uma horta, porque é muito simples de ser cultivada. Tudo que ela precisa é de um vaso grande, bastante iluminação e ser regada apenas duas vezes por semana, pois muita água pode matá-la. O alecrim pode ser colhido 90 dias após o plantio e apenas as pontas dos ramos devem ser cortadas.

3. Salsa

Ideal para temperaturas amenas, a salsa deve ser cultivada em vasos com pelo menos 30cm e receber cinco horas de exposição ao sol todos os dias. No entanto, ela não deve ser regada muitas vezes, apenas quando o solo estiver seco. Por ser um tempero de vida curta, ela deve ser colhida com frequência, depois de 60 a 90 dias que foi plantada.

4. Cebolinha

A cebolinha é perfeita para espaços pequenos e pode ser plantada junto com outras plantas, desde que o solo seja rico, por isso é importante adubá-lo. Ela não precisa de exposição direta ao sol, mas pede um lugar com boa iluminação e deve ser aguada diariamente. A colheita pode ser feita 75 dias após o plantio.

5. Pimentas

Para quem gosta de um tempero picante, a melhor opção é a pimenta. As espécies mais famosas são a dedo-de-moça e malagueta, mas os cuidados para os outros tipos são semelhantes. O importante é deixá-las bastante tempo no sol, por isso o recomendado é plantá-las no inverno para que elas se desenvolvam no verão. Regue três vezes por semana e colha após 90 dias.

6. Orégano

Um dos temperos mais comuns em receitas, o orégano precisa de um solo fértil e de uma temperatura moderada. O ideal é que ele fique no sol por pelo menos quatro horas por dia, quanto mais tempo mais realçado será o seu sabor. Regue diariamente, mas cuidado para não encharcar as raízes. Colha quando a planta atingir 20cm.

7. Manjericão

O manjericão deve ser cultivado em vasos individuais e precisa de bastante exposição ao sol, para acentuar o seu sabor e aroma. A erva deve ser regada diariamente, mas sem exageros. Pode ser colhida entre dois a três meses após o plantio e, depois da primeira colheita, as seguintes devem ser frequentes.

8. Tomilho

Esse é um dos temperos mais fáceis para se plantar em casa, pois ele não requer muitos cuidados. O tomilho não pede adubação, mas, sim, drenagem. Por isso, o ideal é alternar camadas de terra, areia e cascos de telhas no vaso. Ele deve ser regado apenas quando o solo estiver seco e pode ser colhido após 60 dias depois de plantado.

9. Coentro

Para essa planta, o ideal é que ela seja plantada no verão, pois precisa de calor para se desenvolver, além de receber luz todos os dias. O seu solo deve ser fértil e estar sempre úmidos, mas não encharcado. A colheita do coentro pode ser feita de 30 a 70 dias após a germinação.

Leia Também: