Sua casa livre dos ácaros em 20 passos!

Médicos ensinam como eliminar esses pequenos aracnídeos chamados ácaros

Foto: iStock.com

Ninguém quer ter uma casa que pode causar doenças, não é mesmo? Mas os ácaros, responsáveis por problemas respiratórios em pessoas com pré-disposição genética, podem estar presentes na sua vida sem ao menos você saber. Fique atento!

Foto: iStock.com

Foto: iStock.com

SAIBA MAIS

Ácaros: saiba o que são e como eliminá-los

18 truques de limpeza que vão transformar sua faxina

Decoração com o estilo vintage

Inimigos da casa

Mirele Wong, médica otorrinolaringologista do Hospital CEMA, explica que os ácaros pertencem à família dos aracnídeos: “Eles medem entre 0,1 e 0,6mm e dificilmente são vistos a olho nu. São considerados os principais agentes causadores de alergias dentro de casa. Existem mais de 30 mil espécies de ácaros que se alimentam principalmente dos restos de pele humana liberados do corpo por descamação”.

Foto: iStock.com

Foto: iStock.com

Onde ficam

Os ácaros adoram ambientes quentes, úmidos e escuros. “Eles são encontrados normalmente nos lençóis e travesseiros, tapetes, cobertas, cortinas e bichos de pelúcia. Por isso, é bom ter cuidado com esses itens”, chama a atenção Tallulah Iamaguchi Bonetti, professora do curso de pós-graduação em Dermatologia da Faculdade IPEMED.

Comprando o apê

Para evitar o acúmulo de ácaros, o mais indicado é optar por piso frio ou de madeira e usar revestimentos de couro em sofás e cadeiras, por exemplo. É bom prestar atenção nesses itens ao comprar ou decorar um imóvel. “Cortinas tipo painel ou tipo ‘blackout’ acumulam pó como todas as outras, mas se o tecido é emborrachado, fica fácil de limpar com um pano úmido”, ressalta Tallulah.

Foto: iStock.com

Foto: iStock.com

Confira as dicas

Uma pesquisa recente da Universidade de Kingston, em Londres, revelou que os ácaros não conseguem sobreviver no ambiente frio e seco encontrado em uma cama desarrumada. Segundo Mirele, eles necessitam de calor e umidade para sobreviver. Quando colocamos os lençóis e cobertas na cama logo após acordar, deixamos o local com poeira doméstica aquecida e arejada, o que facilita a alimentação dos ácaros de nossas células mortas. Mas, com algumas dicas, as mães podem continuar exigindo que seus filhos organizem a cama, sim!

  • Aguarde um tempo para a arrumação da cama, o suficiente para “esfriar” e “secar” a cama;
  • Higienize travesseiros e colchões semanalmente com um aspirador;
  • Encape colchões e travesseiros com capa impermeável à passagem de ácaros ou suas excreções;
  • Lave essas capas a cada três ou quatro semanas;
  • Lave roupas de cama uma ou duas vezes por semana, deixando-as de molho em água com temperatura maior que 55ºC por 10 minutos ou usando secadora que atinja esses níveis térmicos;
  • Vire o colchão a cada 15 dias;
  • Troque o travesseiro a cada dois anos.

Extermine!

Os ácaros se encontram em todas as casas, mesmo as mais meticulosamente limpas. No entanto, existem medidas que permitem diminuir o número deles no lar.

  • Mantenha o ambiente limpo e arejado;
  • Favoreça a exposição ao sol;
  • Remova tapetes, carpetes e cortinas;
  • Encape colchões e travesseiros com capas antiácaros;
  • Prefira edredom a cobertor e lave-o a cada 2 semanas;
  • Agasalhos guardados há muito tempo devem ser lavados antes do uso;
  • Evite plantas e enfeites excessivos em casa;
  • Evite acúmulo de livros, jornais e revistas em prateleiras ou estantes;
  • Não utilize vassouras e espanadores. Limpe a casa com produtos neutros, pano úmido e vinagre (misture 200ml de vinagre de vinho branco em 4 litros de água);
  • Sempre faça a limpeza do ar condicionado e dos ventiladores;
  • Aspiradores com ultrafiltração HEPA são os mais indicados;
  • Evite umidade, como infiltrações em paredes;
  • Evite fatores irritantes: fumaça de cigarro, perfumes, tintas, esmaltes, removedores, produtos de limpeza, inseticidas e cloro.