Soluções para cabelos oleosos: acabe com esse mal sem agredir os fios

Cuide da saúde de suas madeixas e acabe de vez com a oleosidade!

Cabelos oleosos: mulher passando as mãos em sua raiz capilar.
Foto: Shutterstock Images

Se você acha que seus fios estão com o aspecto pesado e sem brilho, fique de olhos abertos, pois seu cabelo pode estar sofrendo com a oleosidade. Antes de comprar aquele xampu que promete fazer milagres, veja algumas dicas de quem entende do assunto e confira soluções para cabelos oleosos.

A causa do problema

Algumas pessoas têm tendência à oleosidade desde a adolescência graças à intensa atividade das glândulas sebáceas, que deixam a pele e o cabelo com aparência ensebada. “Os fios tendem a piorar no inverno, já que os banhos são com água mais quente durante esse período”, explica Dr. Ademir Jr., médico dermatologista e especialista em medicina capilar, de São Paulo (SP).

Outros fatores influenciam?

Quando o uso de produtos próprios para fios oleosos não resolve o problema, a causa da oleosidade pode ser hormonal e até mesmo emocional. “A produção natural de óleo pela pele é definida por hormônios sexuais e substâncias químicas, que também estão relacionadas ao estresse. Por isso, as pessoas mais sensíveis tendem a sofrer com a oleosidade”, explica Dr. Ademir. “Alterações nutricionais e fatores climáticos também contribuem com o problema. É importante consultar um dermatologista para que seja feito um diagnóstico”, completa Enerilda Bortotti, hairstylist de Santa Cruz do Rio Pardo (SP).

Como cuidar

Segundo Enerilda, xampus à base de substâncias adstringentes e que tenham em sua fórmula alecrim, melissa, menta ou hortelã são os mais recomendados. “Eles acabam com o excesso de oleosidade sem prejudicar a saúde dos fios, não deixando-os ressecados”. Mas atenção! Não é porque seu cabelo está oleoso que você deve aposentar o condicionador. O segredo é aplicar o produto apenas nas pontas, longe do couro cabeludo, e enxaguar bem.

Soluções para cabelos oleosos

• Evite usar produtos 2 em 1.
• Tome bastante água diariamente para ajudar a regularizar a produção das glândulas sebáceas.
• Não passe as mãos no cabelo.
• Quando usar o secador, mantenha-o a 15 centímetros de distância da cabeça.
• Se as pontas do seu cabelo estiverem muito ressecadas, aplique silicone. Mas só nas pontinhas!
• Não faça hidratações com touca térmica.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Dr. Ademir Jr., médico dermatologista e especialista em medicina capilar, de São Paulo (SP); Enerilda Bortotti, hairstylist de Santa Cruz do Rio Pardo (SP)

LEIA TAMBÉM