Sódio: saiba os perigos do excesso e da falta do mineral no organismo

Não precisa cortar o sódio da alimentação. A palavra é: moderação! Veja quais são os perigos de consumir em excesso e a falta do mineral no organismo.

Saleiro, sal derramado, fundo azul
Foto Shutterstock.com

Associar o sódio ao sal é quase automático, mas o perigo está ainda mais perto: alimentos industrializados são cada vez mais enriquecidos com a substância – inclusive bolos e sorvetes. “O sódio não vem apenas do sal de cozinha, ele é apenas um tipo de variação de sódio. O mineral pode estar presente para melhor conservação do produto, aumentando seu tempo de vida na prateleira”, explica a nutricionista Paula Castilho.

Saleiro, sal derramado, fundo azul

Foto Shutterstock.com

Cuidado com o excesso…

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade necessária de sódio ingerida equivale a 5g de sal, ou uma colher de chá, mas pesquisas apontam que os brasileiros consomem o dobro desse valor. O excesso de sódio no organismo leva a um descontrole nas concentrações e excreções de outros minerais, como o cálcio. Isso contribui para o surgimentos de doenças, como osteoporose e pedras no rim. Pressão alta e retenção de líquido, que também têm ligação com a alimentação rica em sódio.

Saiba mais:

Temperos: escolha as melhores opções para sua salada

9 temperos para você substituir o sal e dar um toque especial nas receitas!

Sal e açúcar: vilões da dieta e da saúde!

…mas não deixe de consumir!

O sódio também tem qualidades. “Assim como muitos minerais, o sódio tem um papel fundamental no metabolismo celular, como a transmissão do impulso nervoso; participa nas contrações musculares; no equilíbrio ácido-básico e na absorção de nutrientes pelas células”, ressalta o nutricionista Hugo Comparotto. Uma importante função do mineral no organismo é no controle do volume de fluidos fora das células. Então, para garantir bem-estar, o ideal é manter o consumo dentro do indicado pela OMS, ok?

quantidade de sódio dos alimentos

Imagem Shutterstock.com

 

Texto Amanda Dias | Consultoria Paula Castilho, nutricionista; Hugo Comparotto, nutricionista