Shiatsu em casa: aprenda a fazer e conheça seus benefícios

Aprenda a fazer shiatsu em casa e conheça seus benefícios

Entenda as maravilhas que a técnica de massagem pode trazer para a sua vida

shiatsu em casa
Foto: Reprodução

Você sabia que é possível fazer shiatsu em casa? A técnica de massagem é estruturada dentro da medicina tradicional chinesa e tem como princípio básico o alinhamento da tríade corpo, mente e espírito. Portanto, o método de relaxamento age na prevenção de males dentro dessas três esferas, contribuindo para que elas coexistam de maneira harmoniosa, aumentando a qualidade de vida do praticante.

Benefícios da prática

A médica Márcia Umbelino dos Santos explica que ao praticar o shiatsu em casa é possível reduzir de forma eficiente os níveis de estresse. “A técnica auxilia também para proporcionar relaxamento físico, mental e emocional, amenizando sintomas de bruxismo, além de tratamento complementar em casos de depressão, síndrome do pânico, enxaqueca”, aponta.

Para a especialista, a terapia “pode ainda auxiliar o sistema circulatório, sendo um forte aliado no combate às varizes ou mesmo no combate à hipertensão e arritmia cardíaca; assim como contribuir para o bom funcionamento dos sistemas respiratório, muscular, digestivo e reprodutor”.

No entanto, vale ressaltar que existem ressalvas para a sua prática. “É aconselhável evitar a técnica durante inflamações agudas, febre, doenças contagiosas, suspeitas de fratura ou luxações e em gestantes”, enfatiza a médica.

Como fazer shiatsu em casa?

Ainda que seja recomendável realizar a massagem com o auxílio de um profissional que tenha conhecimento sobre os pontos específicos do corpo trabalhados com a massagem, é possível aplicar alguns de seus passos sozinho para atingir o relaxamento de algumas regiões. Veja abaixo como fazer shiatsu em casa.

Aquecimento

O primeiro passo é sentar-se de maneira confortável em uma cadeira, tomando cuidado para que as costas estejam eretas e bem posicionadas. Certifique-se, também, que os pés estão apoiadas no chão. Feito o alinhamento da postura, esfregue uma mão na outra para ativar a circulação local por alguns minutos.

Cabeça

Utilizando a ponta dos dedos das mãos, com exceção aos polegares, pressione suavemente a base do crânio seguindo o sentido descendente. Depois disso, prossiga pela nuca e área lateral do pescoço. Você pode também fazer alguns movimentos circulares na região.

Ombros

Fazendo o uso de suas duas mãos, “amasse” bem e com firmeza os ombros para tirar a contração causada pela tensão. Com a ponta dos dedos pressione, levemente, toda a região.

Braços

Na região dos braços, basta apertá-los e continuar exercendo pressão com a ponta dos dedos sobre sua superfície, assim como foi feito nas outras regiões. Parte dos ombros e siga em direção às mãos.

Região lombar

Apoie o dedões na parte debaixo das costelas e (entre a coluna e a parte lateral). A partir disso, faça pressões descendentes seguindo até o osso da bacia. Repita o procedimento de ambos os lados e aumentando a pressão.

Pés

Com os polegares, pressione bem a sola dos dois pés para aliviar a tensão acumulada na região que concentra todo o peso do corpo.

Leia também: