Veja o que dizem as pesquisas que relacionam sexo e os países do mundo

Cada país apresenta dados específicos em relação ao sexo. Para entender mais sobre essas diferenças, saiba o que dizem as pesquisas sobre sexo e os países do mundo

casal em praia paradisíaca se beijando para ilustrar post sobre a relação entre sexo e os países do mundo
Por Rafael Toledo - 27/09/2018

(Foto: Shutterstock Images)

A forma como o sexo é visto pode variar de acordo com cada cultura. Alguns povos são vistos como mais sensuais que outros, mas todos possuem uma relação ou outra com a hora H. Neste post, você entenderá mais sobre como já relacionaram o sexo e os países do mundo!

Uma pesquisa realizada  por um site de relacionamentos britânico demonstrou a tendência existente entre a duração do sexo e performance durante a hora H, levando em conta a faixa etária. Segundo o resultado da pesquisa alguns países como Reino Unido, Estados Unidos e Austrália apresentaram melhor performance.

Na Ásia, a Índia desponta como uma das mais favoráveis ao sexo. Entretanto, ficou em último lugar no ranking dos locais que têm melhor desempenho na hora H. O primeiro lugar foi conquistado pelos norte-americanos. Segundo o estudo, os homens estadunidenses têm um desempenho melhor em relação aos demais, contabilizando 17 minutos e cinco segundos de duração.

Mas algumas contradições foram notadas nessa pesquisa. A expectativa das mulheres em relação ao sexo, por exemplo, foi de 25 minutos e 51 segundos, diferentemente da média apresentada por todos os homens entrevistados dos mais diversos países que constam no estudo. Inclusive, foi pontuado pela análise que, mesmo com a faixa etária como um dos fatores determinantes para a contagem dos minutos, ainda assim a performance se mantém abaixo do esperado pelas mulheres.

Durante a Copa

Em uma outra pesquisa, realizada durante a Copa de 2018, ocorrida na Rússia, um site de relacionamentos brasileiro chamado Sexlog elencou quais eram as principais preferências em relação à avaliação sobre sexo de cada país. O país anfitrião despontou no ranking de locais que mais procuram sobre sexo, swing e namoro on-line, seguido pela Austrália e pela Inglaterra, consecutivamente.

E os índices do estudo não param por aí! Segundo a análise, o Brasil surge em sexto lugar com 7% de interesse em sexo, segundo dados de buscadores virtual, sendo que um dos termos mais procurados pelos brasileiros é “lésbicas”.

Locais para sexo 

Ficou interessado(a) pela relação entre sexo e os países do mundo ou por viajar para algum lugar que tenha se destacado nessas listas? Compilamos outros locais que podem se adequar ao clima romântico (e sexual) dos pombinhos:

LEIA TAMBÉM

Texto: Rafael de Toledo/Colaborador