Outubro Rosa: campanha "Pense Rosa" realiza mamografias com solidariedade

A iniciativa da ONG Orientavida já ajudou 11 mil mulheres a realizarem o exame fundamental na detecção do câncer de mama; saiba mais e participe!

None
Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 25/10/2021 às 14:30
Atualizado às 14:30

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Ainda que o mês de outubro seja voltado exclusivamente para a conscientização e prevenção do câncer de mama, é essencial lembrar da doença o ano inteiro, afinal, ela não escolhe data para aparecer. É isso que algumas ONG’s (Organizações Não-Governamentais) fazem durante os 12 meses: pensam nas mulheres que precisam realizar a mamografia — exame fundamental na detecção do cancro. 

“Pense Rosa” é a campanha promovida pela ONG Orientavida, cujo objetivo é ajudar mulheres que estão na fila de espera do SUS (Sistema Único de Saúde) a realizarem suas mamografias antes. A espera, vale ressaltar, pode agravar o quadro. Para isso, a organização vende em seu site pulseiras — o acessório, além de enfeitar o look, pode salvar a vida de uma mulher como você. Até agosto deste ano, 11 mil exames já foram doados às pacientes. 

Como funciona a campanha?

A cada 12 pulseiras vendidas, a venda é revertida em um combo de diagnóstico do câncer de mama. O apetrecho pode ser comprado pelo valor de R$ 45, preço simbólico que terá grande impacto social. No entanto, todos podem ajudar a causa, viu? Você pode doar a quantia que quiser no site da ONG, por meio do PIX. Com isso, sua doação ajuda a Orientavida a bater sua meta: 15 mil mamografias até dezembro! 

A importância da mamografia

A radiografia da mama é feita através de raio-X em um equipamento chamado mamógrafo. Este exame é considerado padrão-ouro no diagnóstico do câncer de mama, uma vez que consegue detectar lesões mamárias muito pequenas — comuns no estágio inicial da doença — que ainda não podem ser sentidas nas apalpadas do autoexame. Além disso, a mamografia também visualiza a região e suas estruturas, notando as alterações benignas e malignas. 

Dessa forma, o exame deve ser realizado anualmente a partir dos 40 anos. No entanto, para mulheres que apresentam risco elevado para o câncer, a indicação médica de rastreamento pode acontecer mais cedo. Vale lembrar ainda que a mamografia é também uma forma de prevenir a doença, além de diagnosticá-la. Portanto, deve ser feita mesmo que não haja suspeitas clínicas. Ou seja, o autoexame NÃO substitui esse preventivo. Cuide-se e agende sua mamografia!

Serviço

ONG Orientavida — Campanha “Pense Rosa”

Site: https://orientavida.org.br/br/pense-rosa

Endereço: Rua José Teodoro Corrêa, 845 Chácara Tropical, Potim, São Paulo.

Telefone: (12) 3112-1103 

E-mail: [email protected] 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.