Dieta para emagrecer: é possível comer bem gastando pouco?

A resposta é: sim, é possível! Separamos dicas valiosas para quem quer emagrecer a partir de uma dieta acessível; confira

Comprar produtos em feiras é uma ótima maneira de economizar
Comprar produtos em feiras é uma ótima maneira de economizar - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 09/05/2022 às 16:00
Atualizado às 11:22

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Um dos passos mais importantes para quem quer emagrecer é a mudança na alimentação. A grande questão é que, muitas vezes, as pessoas associam o emagrecimento a uma dieta mais difícil e e cara, fazendo com que pese no bolso. Principalmente agora, que diversos alimentos vem sofrendo com a inflação, resultando na alta do preço dos alimentos. 

De acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), houve uma aceleração da alta dos preços de alimentos e bebidas de 1,95% em março para 2,25% em abril, deste ano. Além disso, itens essenciais para manter uma alimentação saudável, como leite, tubérculos, raízes e legumes, passaram a figurar no top 10 de alimentos com maior variação de preço.

E dentro desse cenário, surge a necessidade de criar uma dieta para emagrecer, mas que seja saudável e acessível. Contudo, será que isso é possível? A resposta é sim! Matheus Motta, nutricionista e responsável por um programa de emagrecimento, elencou alternativas de alimentos que são simples, nutritivos e que possuem um ótimo custo-benefício para incluir na sua alimentação diária. Confira as dicas:

1. Opte sempre por frutas, legumes e verduras da estação/época:

Por conta das condições climáticas favoráveis, muitas frutas, legumes e verduras ficam mais baratas graças ao volume de produção. Isso, sem falar que esses produtos ficam mais saborosos e acessíveis.

Nesse sentido, vale a pena também frequentar locais em que você vai encontrar esses produtos mais em conta: feiras locais, por exemplo, permitem que o frequentador possa negociar o valor dos produtos e assim, chegar a um valor mais baixo. 

2. Varie nas fontes de proteína

Com o aumento no preço da carne vermelha, esse item se tornou raro na mesa de muitos brasileiros. Mas, se você é do tipo de pessoa que gosta de variar na proteína e gostaria de incluir esse alimento na dieta para emagrecer, a dica é: procure por cortes de carne de segunda

Outra opção utilizada é o peito de frango, já que o alimento é uma ótima fonte de proteínas magras (possui menos gordura) e é mais em conta que a carne vermelha. O ovo também é uma boa opção de fonte de proteínas mais barata.

Feijões, lentilha, grão-de-bico e ervilha são boas fontes de proteínas e fibras podem servir como acompanhamento, como um incremento em saladas ou em pastas como homus

3. Planeje a sua alimentação

Outra maneira de fazer uma dieta para emagrecer gastando pouco é organizando antecipadamente a sua alimentação para a semana. Essa é uma forma de ter controle sobre como vai preparar os alimentos e quando vai comer, de acordo com sua rotina.

Desse jeito, você fica livre para pesquisar melhor o preço dos alimentos em feiras e mercados, além de evitar desperdícios. Inclusive, dependendo da quantidade, é possível ter preços melhores na hora da compra, viu? Vale muito a pena!

4. Tenha uma lista de substituição de alimentos

Viu que um alimento queridinho subiu de preço? Tenha uma lista de substituições para driblar esse adversário. Faça relação de seus tipos de grãos favoritos, seja feijão, lentilha ou grão-de-bico; e os carboidratos, como arroz, batata, mandioca entre outros, facilita a procura na hora da compra para comparar preços e safras.

5. Beba bastante água

Ingerir, pelo menos, 2 litros por dia tem inúmeros benefícios. Entre eles, estão:

Para quem possui dificuldades de manter esse hábito, uma boa dica é, sempre que possível, ter uma garrafinha por perto para ajudar a lembrar do consumo. Vale também saborizar a água com limão ou hortelã, por exemplo. Além de refrescantes, essas combinações ficam uma verdadeira delícia. Simples e muito práticas.

Viu como dá para montar uma dieta para emagrecer sem pesar no bolso? Agora basta colocar os ensinamentos em prática e se preparar para a mudança de estilo de vida!

Fonte: Matheus Motta, nutricionista da Vigilantes do Peso WW.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.