Dieta cetogênica: o que é, como fazer e para que serve

Nutricionista explica como funciona esse tipo de alimentação e cita quais alimentos fazem parte do método

Tire todas as suas dúvidas sobre a dieta cetogênica!
Tire todas as suas dúvidas sobre a dieta cetogênica! - Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 03/11/2021 às 18:00
Atualizado às 18:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Diariamente surgem novidades no campo da alimentação. Entre novos métodos, dietas e jejuns, controlar o peso e cuidar da saúde é sempre uma prioridade e justamente por isso a busca por estratégias não param. 

A dieta cetogênica vem ganhando cada vez mais adeptos, mas antes de pensar em colocá-la em prática, que tal entender mais sobre o método? Conversamos com a nutricionista Natalia Barros, especialista em saúde feminina, para responder quem pode seguir o plano cetogênico, quais alimentos são permitidos e muito mais! Confira:

Alto Astral: Qual é o princípio da dieta cetogênica?

Natalia Barros: É utilizar uma tática para induzir a cetose (resposta do metabolismo devido à redução de carboidratos), priorizando um aumento da ingestão de gorduras saudáveis e a restrição de carboidratos entre 20 e 50g/dia. A estratégia cetogênica pode auxiliar na redução de peso e no aumento da saciedade, no entanto, existem outros fatores individuais que determinam se a pessoa pode manter esse tipo de dieta.

AA: Para quem é indicado o método cetogênico? Há contraindicações?

NB: A dieta cetogênica costuma ser indicada para pessoas com sobrepeso, porém não é recomendada para todas as pessoas em geral. Existem outras dietas e estratégias interessantes e equilibradas que podem alcançar o mesmo objetivo. Por isso, o ideal é consultar um nutricionista para ver qual é a melhor opção. 

AA: Quais são os alimentos indicados nesta dieta?

NB: Os principais alimentos que conduzem esse tipo de alimentação são: castanhas e sementes, óleos e gorduras (azeite de oliva extravirgem e bebida vegetal), especiarias (curry, cúrcuma, alecrim, etc), proteínas (frango, ovos e peixes), frutas (limão, mirtilo, amora, abacate), vegetais e leguminosas (brócolis, couve-flor, couve, abobrinha).

AA: Antes de começar a dieta cetogênica é preciso consultar um profissional?

NB: Com certeza, o acompanhamento multidisciplinar com nutricionista é extremamente necessário durante o processo, principalmente para entender o objetivo do paciente e se o indivíduo pode aderir à estratégia.

Fonte:Natalia Barros, nutricionista especialista em saúde feminina, mestre em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e com aprimoramento em nutrição humana e metabolismo pela Stanford University/USA.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.