Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
A cirurgia reparadora é feita por muitos indivíduos no pós-bariátrica
A cirurgia reparadora é feita por muitos indivíduos no pós-bariátrica - Shutterstock

Saúde

Cirurgia reparadora pós-bariátrica: entenda o procedimento

Muito comum em quem realizou procedimento para perda de peso, a cirurgia reparadora pós-bariátrica serve para retirar o excesso de pele

Você com certeza já ouviu falar da cirurgia bariátrica, que é realizada para tratar casos de obesidade grave. Mas você sabia que existe também a cirurgia reparadora pós-bariátrica, realizada por muitos dos pacientes que passam pelo procedimento?

Especialmente indicada para quem ficou acima do peso por mais de dois anos antes da bariátrica, a cirurgia reparadora retira o excesso de pele de diversas partes do corpo. “Isso porque o emagrecimento do paciente é muito rápido, o que dificulta a retratação do corpo e faz com que o excesso de pele se torne algo comum”, explica a cirurgiã plástica Maiéve Corralo.

A cirurgiã, que está à frente do Instituto Maiéve Corralo, diz que, na maioria das vezes, essa reparação ocorre na região abdominal. Mas também é bastante comum nas coxas, bumbum, culote, mama feminina e a região peitoral e torácica masculina.

Como funciona

A cirurgia reparadora pós-bariátrica utiliza vários procedimentos para remover o excesso de pele e flacidez após o emagrecimento. A intenção é melhorar o resultado do formato e o tônus do tecido adjacente.

Para isso, usa-se o lifting nas regiões desejadas, assim como na abdominoplastia, blefaroplastia e elevação de mama.

Maiéve ressalta que outro procedimento frequente em pacientes que têm acúmulo de gordura facial ou que tiveram grande emagrecimento depois dos 30 ou 40 anos é o lifting de face. “Muitos pacientes acabam buscando essa cirurgia antes do contorno corporal, porque o rosto é uma região que fica muito evidente”, comenta.

Para quem é recomendada a cirurgia reparadora pós-bariátrica?

Segundo Maiéve, a cirurgia reparadora é indicada para aqueles que realizaram a bariátrica e se sentem incomodados com um excesso de pele no corpo. “Essa pele ‘a mais’ normalmente fica localizada no abdome e gera pequenas dobras quando o paciente senta ou muitas vezes em pé mesmo’’, afirma.

Cuidados no pós-operatório

No pós-operatório, a médica recomenda que os pacientes tenham cuidado com os movimentos. Isso porque esses procedimentos podem gerar grandes cicatrizes e é preciso se prevenir para que elas não se abram. “A recomendação é evitar atividade física por dois meses depois do pós-operatório”, diz a especialista.

Além disso, o paciente deve usar obrigatoriamente a cinta cirúrgica pós-operatória, que é muito importante para diminuir o inchaço e melhorar a qualidade das cicatrizes.

Mais notícias como essa

Horóscopo

Querendo saber de TUDO que os próximos sete dias prometem? Descubra agora, no Horóscopo Semanal do João Bidu

Pets

Um sistema imunológico equilibrado reduz riscos de contrair doenças e contribui para a saúde geral dos animais

Amor e Sexo

Segundo pesquisa, Geração Z é a mais propensa a buscar por relacionamentos abertos ou não monogâmicos no geral

Receitas

Algumas pessoas tendem a chorar sempre que estão cortando cebola, mas é possível usar alguns truques para diminuir o problema